Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha do Brasil simula resgate de civis em área de conflito ou desastre natural (VÍDEO)

A Marinha do Brasil realizou entre os dias 6 e 14 de novembro a Operação Atlântico, na praia de Itaoca, no Espírito Santo. A simulação deste ano treinou os oficiais para casos em que houvesse resgate de civis em uma área de conflito armado ou que foram alvos de desastres naturais.
Sputnik

Era por volta de 5h40 do dia 10 de novembro, um sábado, ainda estava amanhecendo, quando o Almirante Paulo Martinho Zucaro, Comandante da Força de Fuzileiros da Esquadra, olhou e disse para a reportagem da Sputnik Brasil: "É guerra".


A declaração foi dada para explicar os motivos de se realizar um treinamento deste porte mesmo em condições extremamente desfavoráveis. A chuva era forte, as ondas na beira da praia atingiam 1,5 metros e os ventos chegaram a 20 km/h. O nível de dificuldade preocupava o alto comando, mas não foi um problema para os fuzileiros e marinheiros.

Antes do amanhecer, sete Carros Lagarta Anfíbios (CLAnf) chegaram à praia e deram início ao desembarque. Após eles chegarem foi…

Presidente da Guatemala anuncia mudança de embaixada para Jerusalém

Decisão segue anúncio dos EUA de reconhecer cidade como capital israelense. Presidente Jimmy Morales afirmou que Israel é 'aliado da Guatemala e é preciso apoiá-lo'.


EFE

O presidente da Guatemala, Jimmy Morales, anunciou neste domingo (24) a decisão de transferir a embaixada do país em Israel, que estava em Tel Aviv, para Jerusalém.

O presidente da Guatemala, Jimmy Morales, durante sessão do Sistema de Integração da América Central, em Veracruz, no Panamá, em 14 de dezembro (Foto: AP Photo/Arnulfo Franco)
O presidente da Guatemala, Jimmy Morales, durante sessão do Sistema de Integração da América Central, em Veracruz, no Panamá, em 14 de dezembro (Foto: AP Photo/Arnulfo Franco)

O anúncio vem pouco dias após o país ter se aliado com os Estados Unidos e outras nações para reconhecer Jerusalém como capital do Estado de Israel.

"Querido povo da Guatemala, hoje conversei com o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu. Falamos das excelentes relações que tivemos como nações desde que a Guatemala apoiou a criação do Estado de Israel", expressou o governante nas redes sociais.

Morales destacou que um dos assuntos de maior relevância "foi o retorno da Embaixada da Guatemala para Jerusalém". "Dei instruções à Chanceler para que inicie as respectivas coordenadas para que assim seja", diz o governante no texto.

Há dois dias, Morales afirmou que o reconhecimento de Jerusalém como capital de Israel é "o caminho correto" e que esse país é um "aliado da Guatemala e é preciso apoiá-lo".

"Estamos com total certeza de que é o caminho correto", afirmou, embora apenas nove países tenham votado com esta intenção nas Nações Unidas.

Guatemala, Honduras, Ilhas Marshall, Micronésia, Nauru, Palau e Togo se alinharam a Estados Unidos e Israel para reconhecer Jerusalém como capital israelense.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas