Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Putin passa para Trump a responsabilidade de resolver conflito na Síria

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, passou a bola para que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, seja o responsável por resolver o conflito na Síria.
EFE

Helsinque - Em entrevista coletiva conjunta realizada nesta segunda-feira, em Helsinque, após a primeira cúpula entre os dois líderes, Putin também deu para Trump uma bola oficial da Copa do Mundo.

"No que se refere ao fato de a bola da Síria estar no nosso telhado, senhor presidente, o senhor acaba de dizer que organizamos com sucesso o Mundial de Futebol. Portanto, quero agora entregar esta bola. Agora, a bola está do seu lado", disse Putin.

O presidente russo fazia uma referência a uma frase do secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, que havia afirmado que a bola para resolver o conflito na Síria estava no telhado do Kremlin.

Trump agradeceu pelo presente e disse estar confiante de que EUA, México e Canadá organizarão em 2026 uma Copa do Mundo tão bem-sucedida como a da Rússia.

Na sequência, o presidente americ…

Presidente da Sérvia explica por que seu país não deseja fazer parte da OTAN

A Sérvia vai defender sua soberania sozinha, sem aderir a alianças militares, inclusive à OTAN, devido à história "complexa" das relações entre Belgrado e a Aliança, afirmou o presidente sérvio, Aleksandar Vucic.


Sputnik

"A Sérvia continua sendo o único país que deseja ter seu próprio exército e proteger a soberania; não desejamos participar de nenhuma aliança militar", afirmou ele durante palestra no Instituto Estatal de Relações Internacionais de Moscou.


Homem acena com uma bandeira contra a OTAN e União Europeia em Belgrado, Sérvia, 27 de março de 2016
Homem acena com uma bandeira conta a OTAN e a União Europeia em Belgrado, Sérvia © AFP 2017/ Alexa Stankovic

O líder sérvio acrescentou ter frisado inúmeras vezes nas cúpulas da OTAN que seu país não deseja fazer parte da Aliança Atlântica.

"A Sérvia não fará parte da OTAN. A Assembleia Nacional [parlamento sérvio] decidiu neutralidade militar, queremos defender nosso céu e nosso país por conta própria, trata-se de uma decisão de nosso povo", assinalou o presidente.

"Os eventos históricos, relacionados à OTAN, são pesados demais para fazer com que pensemos em aderir à Aliança Atlântica", acrescentou.

Aleksandar Vucic frisou que declara isso não somente em Moscou, mas em Washington também, e para ele, a Aliança entende sua mensagem.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas