Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Erdogan diz que Turquia continuará operação na Síria, pactuada com Moscou

O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, afirmou nesta segunda-feira que seu país não interromperá sua operação militar lançada no sábado contra as milícias curdas aliadas dos Estados Unidos no norte da Síria e insistiu que esta operação está pactuada com a Rússia.
EFE

"Não vamos retroceder em Afrin. Falamos com os russos e há consenso", disse o político islamita em relação à região do norte da Síria nas mãos das milícias curdas Unidades de Proteção do Povo (YPG), que Ancara considera terroristas e aliadas da guerrilha curda da Turquia, o PKK.


Erdogan voltou a acusar os EUA de armar e apoiar as YPG, aliadas de Washington contra o grupo jihadista Estado Islâmico.

"Não são honestos conosco. Continuaremos o nosso caminho no marco das conversações que mantemos com a Rússia", apontou.

"Queríamos comprar armas (com os EUA). Não nos deram e entregaram as mesmas armas a organizações terroristas. Que tipo de aliança estratégica é essa?", afirmou o presidente da T…

Presidente russo qualifica explosão em São Petersburgo como ataque terrorista

O presidente russo, Vladimir Putin, chamou a explosão de ontem (27) em um supermercado em São Petersburgo de ataque terrorista.


Sputnik

"Vocês sabem que ontem em São Petersburgo aconteceu um ataque terrorista", disse o presidente durante a cerimônia de condecoração de militares russos que combateram na Síria.


Agentes do Ministério para Situações de Emergência perto do supermercado em São Petersburgo que foi atingido por explosão, 27 de dezembro de 2017
Explosão em supermercado de São Petersburgo, Rússia © Sputnik/ Aleksandr Galperin

Segundo Putin, ele disse ao chefe do Serviço Federal de Segurança, Aleksandr Bortnikov, que na hora de deter suspeito é preciso agir de acordo com a lei, mas decididamente.

"Caso saúde e vida de nossos oficiais sejam ameaçadas, é preciso agir decididamente […] eliminando os criminosos", sublinhou o líder russo.

Ontem à noite, em um guarda-volumes de um supermercado de São Petersburgo detonou um explosivo. Segundo informações, a potência da explosão foi de 200 gramas do equivalente em TNT.

A explosão resultou em 13 pessoas feridas. Seis delas permanecem no hospital, alguns estão em estado de gravidade média.

O Comitê de Investigação russo abriu um processo criminal contra o criminoso por tentar matar várias pessoas.


Postar um comentário