Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Reino Unido reforçará sua presença militar no Ártico para se opor à Rússia, diz mídia

O ministro da Defesa britânico, Gavin Williamson, disse que o Reino Unido pretende reforçar a presença militar no Ártico para “proteger” o flanco norte da OTAN das ações da Rússia, segundo o diário The Telegraph.
Sputnik

Segundo o jornal, mais de 1.000 fuzileiros navais da Marinha britânica farão treinamentos anuais com colegas noruegueses no âmbito de um programa previsto para dez anos, formando no futuro próximo um novo destacamento, assinalou Williamson durante uma visita à base militar em Bardufoss, na Noruega.


O ministro britânico mencionou também que o Reino Unido enviará no próximo ano para a região do Ártico um avião de patrulha marítima Poseidon P8 para vigiar a atividade crescente dos submarinos russos.

"Queremos melhorar nossas capacidades em condições de temperaturas abaixo de zero, aprendendo com antigos aliados, tais como a Noruega, ou monitorando as ameaças submarinas com nossos aviões Poseidon. Nos manteremos atentos a novos desafios", afirmou Williamson.

O minist…

Presidente russo qualifica explosão em São Petersburgo como ataque terrorista

O presidente russo, Vladimir Putin, chamou a explosão de ontem (27) em um supermercado em São Petersburgo de ataque terrorista.


Sputnik

"Vocês sabem que ontem em São Petersburgo aconteceu um ataque terrorista", disse o presidente durante a cerimônia de condecoração de militares russos que combateram na Síria.


Agentes do Ministério para Situações de Emergência perto do supermercado em São Petersburgo que foi atingido por explosão, 27 de dezembro de 2017
Explosão em supermercado de São Petersburgo, Rússia © Sputnik/ Aleksandr Galperin

Segundo Putin, ele disse ao chefe do Serviço Federal de Segurança, Aleksandr Bortnikov, que na hora de deter suspeito é preciso agir de acordo com a lei, mas decididamente.

"Caso saúde e vida de nossos oficiais sejam ameaçadas, é preciso agir decididamente […] eliminando os criminosos", sublinhou o líder russo.

Ontem à noite, em um guarda-volumes de um supermercado de São Petersburgo detonou um explosivo. Segundo informações, a potência da explosão foi de 200 gramas do equivalente em TNT.

A explosão resultou em 13 pessoas feridas. Seis delas permanecem no hospital, alguns estão em estado de gravidade média.

O Comitê de Investigação russo abriu um processo criminal contra o criminoso por tentar matar várias pessoas.


Comentários

Postagens mais visitadas