Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Por meio do Egito, Hamas pede a Israel que cesse fogo na Faixa de Gaza

O movimento Hamas pediu a Israel que cesse fogo por meio da mediação egípcia e prometeu interromper os confrontos na fronteira como parte do acordo, disse uma fonte política israelense à Sputnik.
Sputnik

"O Hamas teve um grande golpe ontem e o movimento pediu um cessar-fogo através do Egito, prometendo interromper o 'terror incendiário e nas cercas fronteiriças'", disse a fonte.

Segundo a mesma pessoa, Israel considera o Egito como fiador da implementação do cessar-fogo.

"Os egípcios são os garantidores nesta questão, mas em qualquer caso, o desenvolvimento da situação dependerá de ações reais. Se o Hamas violar o cessar-fogo, pagará um preço ainda maior", acrescentou a fonte.

Esses arranjos foram alcançados após bombardeios maciços das instalações do Hamas no enclave, que se seguiram ao assassinato de um soldado israelense na sexta-feira.

Este foi o segundo cessar-fogo entre Israel e o Hamas, coordenado pelo Egito nas últimas duas semanas. No último sábado, a Fo…

Qualquer cenário é possível: EUA e China se preparam para 'queda do regime' de Pyongyang

Os EUA e China discutem as garantias para manter as armas nucleares norte-coreanas em segurança se na Coreia do Norte houver "qualquer instabilidade", declarou o secretário de Estado dos EUA Rex Tillerson falando perante o Conselho Atlântico em Washington.


Sputnik

"Se alguma coisa acontecer, e isso pode ser algum assunto interno da Coreia do Norte […]se isso criar alguma instabilidade, o mais importante para nós seria garantir a segurança das armas nucleares já desenvolvidas, garantir que não iriam cair mãos de pessoas que não queremos", declarou Tillerson.


Arquitetura norte-coreana enigmática
Kim Jong-un © REUTERS/ KCNA

O diplomata norte-americano destacou que a ameaça por parte das armas nucleares norte-coreanas é demasiado grande para ser ignorada e que a política dos EUA de desnuclearização da Coreia do Norte é partilhada pela Rússia e a China.

O secretário de Estado também declarou pela primeira vez que os EUA estão prontos para negociações diretas com os representantes da Coreia do Norte. A única condição para as negociações, segundo ele, é que o regime não realize mais lançamentos de mísseis balísticos.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas