Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Área militar do governo brasileiro demonstra desconforto com suspensão de investigação do caso Queiroz

Integrantes da área militar do governo demostraram desconforto com o pedido de suspensão da investigação para apurar movimentações financeiras de Fabricio Queiroz consideradas "atípicas" pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).
Por Gerson Camarotti | G1

A avaliação de auxiliares do presidente Jair Bolsonaro é que essa decisão tomada pelo ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), só faz prolongar o desgaste provocado pelo caso.

O ministro Luiz Fux atendeu pedido do deputado estadual e senador eleito Flavio Bolsonaro (PSL-RJ), de quem Queiroz foi assessor. O Coaf apontou movimentação de R$ 1,2 milhão em uma conta bancária de Queiroz durante um ano sem que houvesse esclarecimento.

Para esses auxiliares, foi uma surpresa a solicitação feita por Flávio Bolsonaro para suspender as investigações.

“Ainda não há uma explicação convincente. Enquanto isso não acontecer, o desgaste desse caso vai continuar. Já está demorando demais”, comentou ao blog um auxilia…

Quase uma explosão nuclear: poder do lança-foguetes russo Smerch em 60 segundos (VÍDEO)

Há exatos 30 anos, iniciou a produção em série do lançador múltiplo de foguetes BM-30 Smerch. Trata-se do mais poderoso lança-foguetes do mundo, que é projetado para destruir alvos brandos, como infantaria.


Sputnik

A emissora russa Zvezda publicou um vídeo mostrando como funcionam estes sistemas. O Exército Vermelho começou a utilizar os Smerch em 1989, que atualmente são usados por 11 países, inclusive, pelo exército sírio nos combates a terroristas.


A sistema de lançamento múltiplo de foguetes Smerch
Sistema de lançamento múltiplo de foguetes Smerch © AFP 2017/ SERGEI SUPINSKY / AFP

O Smerch tem um alcance de 120 quilômetros e uma zona de impacto de 670 mil m², o que é equivalente a cerca de 100 campos de futebol, segundo avaliaram especialistas da Zvezda. Seis máquinas do Smerch são capazes de fazer parar uma divisão de infantaria mecanizada.

São precisos apenas 13 minutos para recarregá-lo. O equipamento avançado possui dois sistemas de controle de fogo. Destaca-se, em particular, o Glonass.

O sistema é considerado o mais poderoso depois da bomba nuclear. Além de mísseis, o lança-foguetes russo pode utilizar minas contra pessoas e antitanque, bem como projéteis incendiários, termobáricos e autoguiados.



Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas