Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Netanyahu: Irã está criando exército contra Israel

O ministro das Relações Exteriores iraniano, Mohammad Javad Zarif, acusou Israel de violar o direito internacional e avisou Tel Aviv sobre as consequências caso o país continue seguindo a mesma linha anti-Irã. Em resposta, o primeiro-ministro israelense respondeu que a Guarda Revolucionária Iraniana pretende destruir o seu país.
Sputnik

Falando durante a sessão do Estado-Maior General das Forças de Defesa Israelenses (IDF, sigla em inglês), o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, criticou as recentes declarações de Teerã em relação a Tel Aviv.


"Hoje ouvi o que disse o chanceler iraniano, acusando Israel de violar direito internacional. Trata-se do ministro do Exterior de um país que envia drones militares contra Israel e mísseis contra a Arábia Saudita. Também ouvi palavras moderadas, e há um abismo enorme entre as palavras e as ações da Guarda Revolucionária [Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica] que está construindo um exército contra Israel com o objetivo declarado…

Quase uma explosão nuclear: poder do lança-foguetes russo Smerch em 60 segundos (VÍDEO)

Há exatos 30 anos, iniciou a produção em série do lançador múltiplo de foguetes BM-30 Smerch. Trata-se do mais poderoso lança-foguetes do mundo, que é projetado para destruir alvos brandos, como infantaria.


Sputnik

A emissora russa Zvezda publicou um vídeo mostrando como funcionam estes sistemas. O Exército Vermelho começou a utilizar os Smerch em 1989, que atualmente são usados por 11 países, inclusive, pelo exército sírio nos combates a terroristas.


A sistema de lançamento múltiplo de foguetes Smerch
Sistema de lançamento múltiplo de foguetes Smerch © AFP 2017/ SERGEI SUPINSKY / AFP

O Smerch tem um alcance de 120 quilômetros e uma zona de impacto de 670 mil m², o que é equivalente a cerca de 100 campos de futebol, segundo avaliaram especialistas da Zvezda. Seis máquinas do Smerch são capazes de fazer parar uma divisão de infantaria mecanizada.

São precisos apenas 13 minutos para recarregá-lo. O equipamento avançado possui dois sistemas de controle de fogo. Destaca-se, em particular, o Glonass.

O sistema é considerado o mais poderoso depois da bomba nuclear. Além de mísseis, o lança-foguetes russo pode utilizar minas contra pessoas e antitanque, bem como projéteis incendiários, termobáricos e autoguiados.



Postar um comentário