Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Erdogan diz que Turquia continuará operação na Síria, pactuada com Moscou

O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, afirmou nesta segunda-feira que seu país não interromperá sua operação militar lançada no sábado contra as milícias curdas aliadas dos Estados Unidos no norte da Síria e insistiu que esta operação está pactuada com a Rússia.
EFE

"Não vamos retroceder em Afrin. Falamos com os russos e há consenso", disse o político islamita em relação à região do norte da Síria nas mãos das milícias curdas Unidades de Proteção do Povo (YPG), que Ancara considera terroristas e aliadas da guerrilha curda da Turquia, o PKK.


Erdogan voltou a acusar os EUA de armar e apoiar as YPG, aliadas de Washington contra o grupo jihadista Estado Islâmico.

"Não são honestos conosco. Continuaremos o nosso caminho no marco das conversações que mantemos com a Rússia", apontou.

"Queríamos comprar armas (com os EUA). Não nos deram e entregaram as mesmas armas a organizações terroristas. Que tipo de aliança estratégica é essa?", afirmou o presidente da T…

Rússia elabora 'arma invencível' para derrubar drones e mísseis

Rússia revela que planeja desenvolver um novo sistema de defesa antiaérea contra mísseis de cruzeiro e drones táticos.


Sputnik

Em entrevista ao jornal Izvestia, o chefe das Tropas de Defesa Antiaérea, tenente-general Aleksandr Leonov, informou que a Rússia está elaborando um novo sistema de defesa antiaérea.


Sistema antiaéreo Shilka
Sistema antiaéreo Shilka © Sputnik/ Mikhail Voskresensky

"Os sistemas Shilka [veículos blindados de artilharia antiaérea autopropulsada desenvolvidos pela União Soviética] serão substituídos por um novo sistema de defesa antiaérea que será equipado com armas inovadoras", afirmou.

"Ele se destina a derrubar VANT [veículos aéreos não tripulados] táticos, foguetes, mísseis de cruzeiro, elementos de ataque de armas de alta precisão, aviões de aviação tática, helicópteros de apoio de fogo, bem como alvos blindados leves terrestres e marítimos", explicou.

Ao mesmo tempo, o tenente-general russo sublinhou que a particularidade principal do novo sistema é sua baixa visibilidade para os radares.


Postar um comentário