Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Vídeo mostra momento do encontro do submarino argentino Ara San Juan

Profissionais que operavam um dos veículos submarinos foram os primeiros a ver em tela as imagens da embarcação, que estava desaparecida desde 15 de novembro do ano passado. Submarino foi localizado a 907 metros de profundidade.
Por G1

Um vídeo divulgado neste domingo (18) mostra as primeiras imagens do submarino Ara San Juan, no momento em que profissionais da empresa Ocean Infinity o localizaram. O encontro foi anunciado pela Marinha da Argentina na madrugada de sábado.


No vídeo é possível ver quando a equipe que opera um dos veículos que fazia as buscas vê a embarcação pela primeira vez em uma região de cânions (espécie de rios submarinos), a 907 metros de profundidade, e a 600 km da cidade de Comodoro Rivadavia.

O Ara San Juan desapareceu em 15 de novembro de 2017, com 44 pessoas a bordo, e sofreu uma "implosão" no fundo das águas do Oceano Atlântico.

Segundo Enrique Balbi, porta-voz da Marinha, a proa, a popa e a vela se desprenderam do submarino e estão localizadas em uma á…

Rússia iniciará fornecimento de S-400 para a China

Primeira entrega de avançado sistema de defesa aérea será feita ‘no futuro próximo’, revelou Serguêi Tchemezov, CEO da estatal de tecnologia Rostec, à agência TASS.


Russia Beyond


O contrato de fornecimento do sistema de defesa aérea S-400 à China será cumprido “sem demora”, segundo informações do diretor-geral da corporação de tecnologia russa Rostec, Serguêi Tchemezov, à TASS.


Resultado de imagem para s-400
S-400 | Reprodução

O governo chinês confirmou em meados do ano que comprará, ao menos, três lotes (seis divisões) do sistema para suas forças de defesa aérea.

Cada divisão consiste em oito lançadores, 112 mísseis, além de veículos de comando e apoio necessários.

Quando questionado se a Rússia pretende ou não localizar a produção de S-400 na Turquia – que, embora seja membro da Otan, também está adquirindo o sistema de defesa aérea russo –, Tchemezov rapidamente encerrou o assunto.

“Você pode tentar produzir um carro em um território vazio, mas isso é irrealista, porque serão necessários especialistas treinados para construí-lo”, disse Tchemezov, acrescentando que a Turquia tem o mesmo entendimento.


Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas