Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Primeiro voo do Aero L-159T2

A Aero Vodochody realizou o primeiro voo do treinador a jato L-159T2 de dois lugares em 1º de agosto. O voo de 30 minutos foi conduzido pelos pilotos de testes da empresa Vladimír Kvarda e David Jahoda.
Poder Aéreo

A Força Aérea Tcheca encomendou três exemplares em 2016, que devem ser entregues até o final deste ano. As aeronaves L-159 são operadas pelas forças aéreas tcheca e iraquiana, pela empresa americana Draken International e, no passado, foram alugadas pela Força Aérea Húngara para treinamento de pilotos.

Estas novas aeronaves de assento duplo T2 têm uma fuselagem central e dianteira recém-construída e apresentam várias melhorias significativas, principalmente em equipamentos de cockpit e sistema de combustível, e são totalmente compatíveis com o NVG. Cada cockpit é equipado com duas telas multifuncionais e um assento de ejeção VS-20 atualizado. A aeronave também pode oferecer uma capacidade de reabastecimento sob pressão. O radar GRIFO, já em uso na versão de um único assento, a…

Rússia: resolução militar da crise norte-coreana 'não será surpresa para nós'

Rússia está analisando as consequências de uma possível resolução militar da crise coreana e está se preparando para isto, de modo que o desenvolvimento da situação, não será nenhuma surpresa para Moscou.


Sputnik

Devido às tensões em nível mundial, que aumentaram ainda mais após o último lançamento de míssil balístico intercontinental norte-coreano, o secretário do Conselho de Segurança da Rússia, Nikolai Patrushev, revela qual é a posição da Rússia quanto ao assunto em questão.


Lançamento do míssil balístico intercontinental Hwasong-15 que teve lugar na noite de 28 para 29 de novembro
Lançamento do míssil norte-coreano Hwasong-15 © REUTERS/ KCNA

Quanto à medida que Rússia irá tomar em caso de resolução militar do problema coreano, Patrushev explicou que Moscou considera todas as opções possíveis.

"Estamos analisando-a [possível resolução militar] e preparando-nos. Não será uma surpresa para nós".

Ao mesmo tempo, ele destacou que existe uma ameaça à segurança nacional da Rússia por parte da atividade norte-coreana.

"Encontramo-nos quase na fronteira com eles [Coreia do Norte]. Portanto, temos interesse em encontrar solução politica e diplomática [da crise]", declarou.

Na noite de 28 para 29 de novembro, a Coreia do Norte lançou o míssil Hwasong-15, que percorreu uma distância de 950 quilômetros e caiu a 210 quilômetros do litoral do Japão.

Pyongyang afirmou que, a partir de agora, já possui um meio capaz de lançar uma carga nuclear até qualquer ponto dos EUA. Muitos países, incluindo a Rússia, condenaram as ações da Coreia do Norte.

Neste contexto o presidente norte-americano, Donald Trump, afirmou que Washington aplicará novas restrições a Pyongyang em resposta a mais um teste de míssil. Os EUA também apelaram ao bloqueio da Coreia do Norte.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas