Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Chefe da ONU diz que é essencial evitar escalada de tensões no Irã

O chefe da Organização das Nações Unidas (ONU), Antonio Guterres, alertou neste domingo que é essencial evitar “qualquer forma de escalada” das tensões no Golfo, em meio a temores de um conflito após a derrubada de um drone norte-americano pelo Irã na semana passada.
Por Catarina Demony | Reuters

LISBOA (Reuters) - “O mundo não pode permitir um grande confronto no Golfo”, disse Guterres, nos bastidores da Conferência Mundial de Ministros Responsáveis pela Juventude, em Lisboa . “Todos devem manter nervos de aço.”

Na quinta-feira, um míssil iraniano destruiu um drone de vigilância dos EUA, em um incidente que o governo norte-americano disse que aconteceu no espaço aéreo internacional.

Trump disse mais tarde que ordenou o cancelamento de um ataque militar em retaliação pela ação que poderia ter resultado em 150 mortes.

Teerã repetiu no sábado que o drone foi abatido sobre seu território e disse que responderia com firmeza a qualquer ameaça dos EUA.

Os comentários de Guterres vêm um dia depois…

Analista explica por que avião de patrulha dos EUA realizou voo perto da Crimeia

O diretor do Centro da Conjuntura Estratégica, Ivan Konovalov, opinou em entrevista ao RT quanto às metas do avião de patrulha norte-americano, Boeing P-8A Poseidon, ao voar perto do litoral da Crimeia.


Sputnik

"O objetivo é evidente, sendo o reconhecimento da moderna infraestrutura militar da Crimeia. O fato dela ser potente, também é evidente, já que as autoridades russas não a disfarçam", afirmou ele.


Cais de Lenin na cidade de Yalta, na Crimeia
Yalta, Crimeia © Sputnik/ Aleksei Malgavko

De acordo com o especialista, a península foi "reforçada e se tornou uma fortaleza", e em seu território se encontra um grupo de tropas contando com todos os componentes: terrestre, antiaéreo, antimíssil.

Anteriormente, o portal Mil Radar, monitorando o deslocamento da aviação militar, informou em sua conta do Twitter que o Boeing P-8A Poseidon estava realizando uma operação de vigilância sobre águas do mar Negro, perto do litoral da Crimeia. O avião decolou da base norte-americana de Sigonella, situada na ilha italiana de Sicília.


Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas