Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Putin passa para Trump a responsabilidade de resolver conflito na Síria

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, passou a bola para que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, seja o responsável por resolver o conflito na Síria.
EFE

Helsinque - Em entrevista coletiva conjunta realizada nesta segunda-feira, em Helsinque, após a primeira cúpula entre os dois líderes, Putin também deu para Trump uma bola oficial da Copa do Mundo.

"No que se refere ao fato de a bola da Síria estar no nosso telhado, senhor presidente, o senhor acaba de dizer que organizamos com sucesso o Mundial de Futebol. Portanto, quero agora entregar esta bola. Agora, a bola está do seu lado", disse Putin.

O presidente russo fazia uma referência a uma frase do secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, que havia afirmado que a bola para resolver o conflito na Síria estava no telhado do Kremlin.

Trump agradeceu pelo presente e disse estar confiante de que EUA, México e Canadá organizarão em 2026 uma Copa do Mundo tão bem-sucedida como a da Rússia.

Na sequência, o presidente americ…

Ataque suicida no posto de controle militar no Iêmen deixa 11 mortos

Atentado com carro-bomba, ocorrido no posto de controle militar no sudeste do Iêmen, deixou 11 mortos, informa a agência Reuters citando oficiais e residentes locais.


Sputnik

A Reuters comunica, citando oficiais e residentes locais, que atiradores abriram fogo depois que um carro suspeito carregado com explosivos entrou no posto de controle localizado no nordeste de Ataq, capital da província iemenita de Shabwa.


Militantes do Movimento do Sul do Iêmen
Militantes do Movimento do Sul do Iêmen © AFP 2018/ SALEH AL-OBEIDI

No momento, nenhuma outra informação foi divulgada.

No domingo (28), foram iniciados combates entre os militantes do Movimento do Sul do Iêmen e as forças governamentais do presidente Abd Rabbuh Mansur Hadi, apoiadas pela Arábia Saudita.

As tensões aumentaram entre separatistas e forças governamentais, após o fracasso de Hadi em atender a demanda do Movimento no governo para demitir-se no domingo.

Segundo médicos locais, pelo menos 120 pessoas ficaram feridas em confrontos e 20 morreram.

Os separatistas criaram seu próprio Conselho de Transição do Sul em maio de 2017. O ex-prefeito da província Aidarus al-Zubeydi, que foi demitido pelo presidente Abd Rabbuh Mansur Hadi, lidera o movimento.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas