Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Israel realiza novos bombardeios na Faixa de Gaza após queda de foguete

Aviação israelense atacou instalações subterrâneas em Gaza. Foguete disparado de Gaza caiu em cidade israelense sem causar vítimas.
France Presse

Aviões de guerra israelenses realizaram novos ataques na madrugada desta segunda-feira (19) na Faixa de Gaza, onde a tensão foi reduzida, mas sem dissipar todo o fantasma de um novo confronto.

A aviação israelense atacou instalações subterrâneas no sul do território do movimento palestino Hamas, afirmou em um comunicado.

Israel respondeu assim ao disparo de um foguete lançado no domingo à noite a partir da Faixa de Gaza - o segundo em 24 horas - e que caiu sem causar vítimas nas proximidades de Sderot, cidade israelense perto do enclave palestino.

O exército de Israel manteve sua política de resposta sistemática a qualquer intervenção hostil a partir dos territórios palestinos, onde travou três guerras contra o Hamas e grupos armados palestinos aliados desde 2008.

Israel usará "todos os meios à sua disposição" para garantir a segurança d…

Austrália tenciona se transformar na maior exportadora mundial de armas em 10 anos

Nos próximos dez anos, a Austrália planeja se converter em um dos maiores exportadores internacionais de armas, sendo que a instabilidade global ameaça a paz no mundo.


Sputnik


O premiê da Austrália, Malcolm Turnbull, anunciou na segunda-feira (29) que seu governo elaborou uma estratégia para aumentar significativamente as exportações de armamento do país. Neste sentido, a nação oceânica busca transformar-se em uma das principais vendedoras de armas do mundo no prazo de 10 anos.


Sydney, a cidade mais populosa de toda a Austrália
CC BY 2.0 / Phil Whitehouse / Australia Day

O elemento central desta nova estratégia é a criação do fundo especial para empréstimos no total de US$ 3,8 bilhões (R$ 11,97 bilhões). O dinheiro deveria ajudar os fabricantes nacionais de armas a acessar os mercados internacionais e impulsionar as exportações.

Atualmente, a Austrália ocupa o 20º lugar na lista dos maiores exportadores de armas. Nos últimos anos, as exportações aumentaram de US$ 1,5 bilhão (R$ 4,73 bilhões) para US$ 2,5 bilhões (R$ 7,9 bilhões).

"Considerando nosso orçamento de defesa, devemos ocupar um lugar mais alto", afirmou Turnbull, acrescentando que o objetivo principal do país nessa área é "estar entre os dez primeiros".


Postar um comentário