Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Área militar do governo brasileiro demonstra desconforto com suspensão de investigação do caso Queiroz

Integrantes da área militar do governo demostraram desconforto com o pedido de suspensão da investigação para apurar movimentações financeiras de Fabricio Queiroz consideradas "atípicas" pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).
Por Gerson Camarotti | G1

A avaliação de auxiliares do presidente Jair Bolsonaro é que essa decisão tomada pelo ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), só faz prolongar o desgaste provocado pelo caso.

O ministro Luiz Fux atendeu pedido do deputado estadual e senador eleito Flavio Bolsonaro (PSL-RJ), de quem Queiroz foi assessor. O Coaf apontou movimentação de R$ 1,2 milhão em uma conta bancária de Queiroz durante um ano sem que houvesse esclarecimento.

Para esses auxiliares, foi uma surpresa a solicitação feita por Flávio Bolsonaro para suspender as investigações.

“Ainda não há uma explicação convincente. Enquanto isso não acontecer, o desgaste desse caso vai continuar. Já está demorando demais”, comentou ao blog um auxilia…

China: novo lote de aviões Y-20 aumenta capacidade de transporte militar

Um lote do primeiro avião de transporte pesado desenvolvido no país, o Xi'an Y-20, foi entregue à Força Aérea do Exército de Libertação Popular (PLA) no oeste da China recentemente, informou a mídia no dia 10 de janeiro.


Poder Aéreo

Pelo menos cinco transportadores Y-20 entraram em serviço no Comando de Teatro Ocidental do país, disseram especialistas do portal de notícias quancha.cn, depois que as capturas de tela do Google dos aviões foram vistas em um aeroporto da cidade de Qionglai, Província de Sichuan, em 9 de dezembro.


Xi'an Y-20 | Reprodução

Esta foi a primeira vez que tantos aviões Y-20 foram vistos em público depois que oficialmente entraram em serviço na Força Aérea em 2016.

Os militares no Comando de Teatro Ocidental estão atualmente equipados com aeronaves Y-8 e Y-7.

O Y-20 apoiará as missões de transporte no Comando de Teatro Ocidental e não substituirá completamente os Y-8 e Y-7, disse Xu Yongling, um piloto de teste do PLA aposentado e um especialista na Sociedade Chinesa de Aeronáutica e Astronáutica, ao Global Times.

“A China não tem mais do que 100 aeronaves de transporte, o que ainda está aquém da demanda de transporte. O Y-20, juntamente com os Y-8 e Y-7, complementará e fortalecerá a capacidade de transporte global do PLA”, disse Xu.

O Y-20 tem um peso máximo de decolagem de 200 toneladas e é ideal para transportar carga e pessoal em longas distâncias em diversas condições climáticas, informou a Agência de Notícias Xinhua.

O Y-20 foi desenvolvido pela Xi’an Aircraft Industry, uma subsidiária do fabricante líder de aeronaves militares da China, a Aviation Industry Corporation da China, informou a Xinhua.

“O Y-20 irá melhorar em grande parte esta situação e permitirá que a China contribua mais para segurança internacional, no combate anti-pirataria e nas operações contra-terrorismo global”, disse Song Zhongping, especialista militar e comentarista de TV, ao Global Times.

FONTE: Global Times


Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas