Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

OTAN se prepara para maiores exercícios militares desde 2002

A OTAN está se preparando para realizar seus maiores exercícios militares desde 2002. Trata-se dos Trident Juncture 2018, dos quais participarão mais de 40.000 militares de 30 países membros e parceiros da OTAN.
Sputnik

A fase principal das manobras irá ser realizada entre os dias 25 de outubro e 7 de novembro, na Noruega e áreas vizinhas, com exercícios preliminares nas águas ao largo da costa da Islândia de 15 a 17 de outubro.

Defender-se contra 'qualquer ameaça em qualquer momento'

O objetivo dos exercícios é a dissuasão e defesa contra "qualquer ameaça, de qualquer lugar e em qualquer momento", explicou nesta semana o almirante da Marinha dos EUA a jornalistas em Bruxelas, James G. Foggo III, comandante dos exercícios.

O militar revelou que os Trident Juncture mostram que a OTAN está unida e pronta para se defender valendo-se da defesa coletiva. Neste sentido, o cenário dos exercícios inclui uma violação da soberania de um aliado da OTAN, neste caso da Noruega.

Ao mesm…

Combates em Idlib matam 12 soldados governamentais e 10 islamitas

Pelo menos 12 soldados governamentais e 10 combatentes islamitas morreram nesta sexta-feira em combates entre as forças sírias e facções islamitas na província de Idlib, informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos.


EFE

A ONG detalhou, em comunicado, que os enfrentamentos entre as forças do presidente sírio, Bashar al Assad, e as facções islamitas explodiram esta madrugada na região de Al Zarzur, no sudeste de Idlib, em uma tentativa das tropas governamentais para recuperar essa área, que perdeu ontem.


Resultado de imagem para idlib síria
Idlib, Síria © Twitter: @Conflicts

Os confrontos deixaram dezenas de feridos, segundo acrescentou a ONG em comunicado, no qual não especificou o número.

Com as vítimas de hoje aumentou para 117 o número de mortos nas fileiras das tropas governamentais e das facções islamitas desde o último dia 10 de janeiro, segundo os dados do Observatório.

Além disso, as facções capturaram 31 soldados governamentais entre ontem e hoje.

Quase toda Idlib está em poder do Organismo de Libertação do Levante, ex-filial síria da Al Qaeda, e outros grupos armados.

Os soldados fiéis ao governo de Damasco começaram em 22 de outubro do ano passado uma campanha militar no sudeste de Idlib e no nordeste de Hama.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas