Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Força Aérea israelense anuncia estreia global do caça F-35 em combate

Israel foi o primeiro país ao qual os Estados Unidos autorizaram a venda do caça invisível
Juan Carlos Sanz | El País
Jerusalém - A Força Aérea de Israel revelou nesta terça-feira que foi a primeira a utilizar em combate o F-35, o ultramoderno caça furtivo indetectável para os radares inimigos. O chefe da aeronáutica israelense, general Amikam Nirkin, fez o comunicado aos comandantes das forças aéreas de vários países reunidos ao norte de Tel Aviv.

O general Nirkin mostrou a seus colegas – procedentes dos EUA, Itália, França, Índia e Brasil, entre outros países – a imagem de vários F-35 sobre Beirute, enquanto confirmava que esses aviões tinham participado de ataques em duas frentes.

“O esquadrão do F-35 está em operação e já sobrevoa todo o Oriente Médio”, afirmou o chefe da força aérea.

Nirkin reiterou que, há duas semanas, a Guarda Revolucionária iraniana disparou 32 foguetes contra as Colinas de Golã, planalto sírio ocupado por Israel desde 1967 e que, em resposta à agressão, a aviação…

Croácia negocia compra de caças F-16 usados de Israel por US$ 500 milhões

A Croácia está próxima de fechar um acordo de até US$ 500 milhões para comprar caças F-16 usados de Israel, informa o Jerusalem Post nesta sexta-feira (26).


Sputnik

O objetivo é aposentar sua frota de 21 caças soviéticos MiG 21. Com 60 anos, apenas seis destas aeronaves estão funcionais.


Resultado de imagem para f-16 israel
F-16 de Israel decolando | Reprodução

A Croácia analisou as propostas de Estados Unidos, Israel, Coreia do Sul, Suécia e Grécia. Mas, no momento, o cenário mais provável é a compra dos caças de Israel.

"Este desenvolvimento é outra expressão dos laços profundos entre os dois países", disse o escritório do primeiro-ministro Israel, Bejamin Netanyahu, em comunicado.

Israel aposentou seus caças F-16 A/B em 2016, mas ainda utiliza os F-16 C/D mais modernos e modificados. Não foi divulgado quais dos dois modelos estão sendo negociados com os croatas.

Falando com a publicação Star and Stripes, o analista militar croata Denis Kuljist afirmou que o MiG 21 foi "um grande avião durante a guerra de independência da Croácia" de 1991 a 1995. Hoje, todavia, o caça soviético está defasado, alerta Kuljist.

O MiG 21 é o avião de combate supersônico mais produzido na história.


Postar um comentário