Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Jornal alemão iguala Bundeswehr à 'armazém de peças de reposição'

Bundeswehr (Forças Armadas da Alemanha) está em profunda crise, enfrentando uma grave falta de investimento, noticia o Suddeutsche Zeitung.
Sputnik

Segundo o jornal, 20% dos candidatos a cargos oficiais abandonam o serviço nos primeiros seis meses e a seleção de 8.500 voluntários previstos no plano para o serviço militar vem enfrentando mais e mais dificuldades com o passar dos anos.

Na lista dos problemas, a maior preocupação corresponde ao financiamento do exército alemão. Segundo a publicação, o orçamento da defesa para 2018, no valor de 38,5 bilhões de euros (R$ 170,9 bilhões) parece suficiente apenas à primeira vista — o exército não tem dinheiro suficiente. Metade do orçamento é usada para suprir as necessidades dos oficiais, uns 18% são destinados aos custos operacionais e apenas 13% do orçamento é investido nas compras de defesa.

Em particular, a publicação observa uma redução acentuada no número de tanques de 4.500 no final da Guerra Fria para 225 unidades. O dinheiro investido é…

Daesh no Afeganistão é algo que interessa aos EUA e Israel, diz líder iraniano

O aiatolá Ali Hosseini Khamenei acusou os Estados Unidos nesta terça-feira de enviarem os terroristas do Daesh ao Afeganistão para justificar a presença de tropas militares estadunidenses na região.


Sputnik

O líder iraniano acrescentou que a Casa Branca procura usar tal artimanha para contribuir para a segurança de Israel.


Aiatolá Ali Khamenei.
Aiatolá Ali Khamenei © Sputnik/ Sergey Guneev

"As mesmas mãos que criaram o Daesh para cometer crimes contra o povo sírio e iraquiano estão agora empurrando os jihadistas para o Afeganistão, depois [dos terroristas] terem sido expulsos desses dois países", disse Khamenei, citado pela agência local Mehr.

O líder persa também lembrou os recentes ataques terroristas que mataram mais de 100 afegãos nos últimos dias, e observou que eles correspondem à estratégia estabelecida pelos Estados Unidos.

Khamenei frequentemente acusa Washington de agravar os problemas internos das nações do Oriente Médio para evitar que eles lutem contra a ameaça "arrogante" que representa o "sionismo", se dirigindo diretamente a Israel, nação que considera inimiga da República Islâmica.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas