Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Executiva da Huawei deixa a prisão após pagar fiança no Canadá; ex-diplomata canadense é preso na China

Justiça aceitou pedido da chinesa, que foi detida a pedido dos Estados Unidos e corria risco de extradição. Fiança estipulada fixada em US$ 7,5 milhões.
Por G1

A diretora financeira da Huawei, Meng Wanzhou, foi solta nesta quarta-feira (12) depois de passar 11 dias presa no Canadá.

A executiva teve aceito o pedido de liberdade condicional, por um juiz canadense. O valor da fiança foi fixado em 10 milhões de dólares canadenses (US$ 7,5 milhões).

Meng saiu da prisão poucas horas depois da ordem do juiz, informou o canal Global News.

"O risco de que não se apresente perante o tribunal (para uma audiência de extradição) pode ser reduzido a um nível aceitável, impondo as condições de fiança propostas por seu assessor", disse o juiz, aplaudido na sala do tribunal pelos partidários da empresa chinesa, informa a France Presse.

As condições de libertação incluem a entrega de seus dois passaportes, que permaneça em uma de suas residências de Vancouver e use tornozeleira eletrônica. Além dis…

Destróier da Marinha estadunidense entra no mar Negro

O destróier da Marinha dos EUA Carney virou o primeiro navio norte-americano a entrar no mar Negro em 2018, informa o jornal ucraniano Dumskaya.


Sputnik

Antes, este mesmo navio visitou a Ucrânia no âmbito das manobras Sea Breeze 2017 em julho do ano passado. O presidente ucraniano, Pyotr Poroshenko, realizou uma visita a bordo desse navio. Destaca-se que, provavelmente, o navio entrará novamente no porto de Odessa.


Destróier norte-americano USS Carney, foto de arquivo
USS Carney © Foto: US Navy/Paul Farley

As fotos do navio também foram publicadas pelo portal turco Yoruk Isik na conta do Twitter que informa sobre o movimento de navios militares através do Bósforo.

Os destróieres da classe Arleigh Burke, à qual pertence o USS Carney, estão entre os de maior tamanho e poder de fogo construídos nos EUA. Eles estão armados com dois lançadores do sistema Aegis, que permitem transportar até 56 mísseis de cruzeiro Tomahawk, que por sua vez podem ser equipados com ogivas nucleares. No navio está também embarcado um helicóptero SH-60 Seahawk. A tripulação desta classe de destróieres é constituída por 337 homens.


Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas