Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Reino Unido reforçará sua presença militar no Ártico para se opor à Rússia, diz mídia

O ministro da Defesa britânico, Gavin Williamson, disse que o Reino Unido pretende reforçar a presença militar no Ártico para “proteger” o flanco norte da OTAN das ações da Rússia, segundo o diário The Telegraph.
Sputnik

Segundo o jornal, mais de 1.000 fuzileiros navais da Marinha britânica farão treinamentos anuais com colegas noruegueses no âmbito de um programa previsto para dez anos, formando no futuro próximo um novo destacamento, assinalou Williamson durante uma visita à base militar em Bardufoss, na Noruega.


O ministro britânico mencionou também que o Reino Unido enviará no próximo ano para a região do Ártico um avião de patrulha marítima Poseidon P8 para vigiar a atividade crescente dos submarinos russos.

"Queremos melhorar nossas capacidades em condições de temperaturas abaixo de zero, aprendendo com antigos aliados, tais como a Noruega, ou monitorando as ameaças submarinas com nossos aviões Poseidon. Nos manteremos atentos a novos desafios", afirmou Williamson.

O minist…

Erro de piloto norte-americano teria provocado 7 mortos no Iraque

Um helicóptero das Forças Armadas dos EUA disparou contra um veículo das forças de seguranças na área do povoado de Al-Baghdadi, situado na província iraquiana de Ambar, deixando 7 mortos e 11 feridos, comunicou o canal Al-Sumaria.


Sputnik

De acordo com o canal, o ataque atingiu o chefe da polícia local e o chefe da administração provincial, que no momento do ataque estavam se dirigindo a um encontro com o xeique da tribo local.


Resultado de imagem para helicóptero das Forças Armadas dos EUA iraque
Bell AH-1Z Viper dos EUA | Reprodução

Enquanto isso, no comunicado do comando das forças antiterroristas unidas do Iraque, se lê que na área estava sendo realizada uma operação para capturar um terrorista, apoiada do ar pelas forças da coalizão internacional. Quando a operação já havia terminado, um desconhecido lançou uma granada contra as forças antiterroristas, o que provocou um combate entre os dois lados.

No regresso, diz o comunicado, "foi observada uma concentração de pessoas armadas cuja presença não fora previamente combinada; elas foram atacadas a partir dos helicópteros de apoio às forças de segurança".

"O comando já mandou investigar o incidente", acrescentou o comunicado.


Comentários

Postagens mais visitadas