Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

OTAN se prepara para maiores exercícios militares desde 2002

A OTAN está se preparando para realizar seus maiores exercícios militares desde 2002. Trata-se dos Trident Juncture 2018, dos quais participarão mais de 40.000 militares de 30 países membros e parceiros da OTAN.
Sputnik

A fase principal das manobras irá ser realizada entre os dias 25 de outubro e 7 de novembro, na Noruega e áreas vizinhas, com exercícios preliminares nas águas ao largo da costa da Islândia de 15 a 17 de outubro.

Defender-se contra 'qualquer ameaça em qualquer momento'

O objetivo dos exercícios é a dissuasão e defesa contra "qualquer ameaça, de qualquer lugar e em qualquer momento", explicou nesta semana o almirante da Marinha dos EUA a jornalistas em Bruxelas, James G. Foggo III, comandante dos exercícios.

O militar revelou que os Trident Juncture mostram que a OTAN está unida e pronta para se defender valendo-se da defesa coletiva. Neste sentido, o cenário dos exercícios inclui uma violação da soberania de um aliado da OTAN, neste caso da Noruega.

Ao mesm…

Estados Unidos suspendem ajuda financeira ao Paquistão 'por motivos de segurança'

Os Estados Unidos congelaram U$255 milhões de dólares em financiamento para o Paquistão, alegando uma posição contraditória do país asiático no combate ao terrorismo e alertou Islamabad a redobrar seus esforços na luta contra o extremismo se desejar ajuda financeira em Washington no futuro.


Sputnik

"Suspendemos hoje a assistência financeira por questões de segurança", disse a porta-voz do Departamento de Estado, Heather Nauert, explicando que as medidas tomadas pelas autoridades paquistanesas para combater os grupos terroristas que operam "dentro e fora de seu território" foram insuficientes. "O Paquistão deve tomar medidas mais decisivas", disse Nauert.


The flag of Pakistan and American flags (File)
Bandeiras do Paquistão e dos EUA © AFP 2017/ MARK RALSTON

O Departamento de Estado disse que Islamabad está ciente do que é necessário e que a decisão envolve anuência ao grupo de insurgentes islâmicos Haqqani, acusados ​​de perpetrar ataques sangrentos contra as tropas dos EUA no Afeganistão.

Donald Trump já tinha prometido interromper a ajuda de mais "mais de 33 bilhões de dólares enviados nos últimos 15 anos", de acordo com estimativas do gabinete do presidete. Segundo o chefe da Casa Branca, Islamabad "fornece refúgio seguro para dois terroristas" que fogem do Afeganistão.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas