Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha do Brasil prevê inaugurar estação na Antártica em 2020, oito anos após incêndio

Obra é executada por uma empresa chinesa e, segundo a Marinha, se aproxima do final. Incêndio em 2012 destruiu estação, e dois militares morreram.
Por Guilherme Mazui | G1 — Brasília

Passados sete anos desde o incêndio que destruiu a Estação Antártica Comandante Ferraz, a Marinha prevê inaugurar a nova estação em março de 2020.

Executada pela empresa chinesa Ceiec, a obra se aproxima do final, segundo a Marinha, que prevê concluir as obras civis e a instalação de máquinas e mobiliário até 31 de março, iniciando um período de testes do complexo científico até março de 2020. Após os testes, a estação poderá receber militares e pesquisadores.

"A previsão de inauguração é março de 2020, quando os pesquisadores e o Grupo-Base [de militares] deverão ocupar em definitivo as instalações da nova Estação Antártica Comandante Ferraz", informou a Marinha ao G1.

Com investimento de US$ 99,6 milhões, o complexo receberá profissionais que atuam no Programa Antártico Brasileiro (Proantar), criad…

EUA enviam 3 bombardeiros estratégicos para Guam

A Força Aérea dos EUA enviou três bombardeiros estratégicos B-2 Spirit, capazes de carregar armas nucleares, para a base aérea na ilha de Guam, no oceano Pacífico, informou a Frota do Pacífico (PACAF).


Sputnik

"Cerca de 200 militares da Força Aérea e três B-2 Spirit foram instalados na base de Andersen para apoiar o Comando do Pacífico da Missão de Segurança Aérea e Dissuasão", informou a PACAF em sua conta no Twitter.


B-2 Spirit norte-americano
Bombardeiro B-2 Spirit da USAF © Foto: US Air Force / Cherie A. Thurlby

Não foi revelado quanto tempo os bombardeiros ficarão na base.

Os bombardeiros estratégicos norte-americanos B-2 Spirit, desenvolvidos pela empresa Northrop Grumman, entraram em serviço da Força Aérea dos EUA em 1997. Estas aeronaves foram os primeiros veículos estratégicos com tecnologia furtiva.

Cada avião é capaz de deslocar até 27 toneladas de armamentos, inclusive bombas e mísseis com ogivas nucleares.


Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas