Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Su-57 russo supera caças de 5ª geração F-22 e F-35 dos EUA, diz piloto militar

O uso de caças F-22 pela Força Aérea dos EUA na Síria privou este modelo de suas vantagens sobre aeronaves russas, segundo a mídia norte-americana. Em entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik, um piloto militar russo comentou a situação.
Sputnik

A utilização de caças norte-americanos F-22 na Síria privou os EUA das vantagens destes caças em relação aos caças russos, escreveu o jornal Military Watch. Segundo Veralinn Jamieson, tenente-general da Força Aérea dos EUA, os céus do Iraque e da Síria se tornaram "armazém de informações" para russos sobre atuação de caças estadunidenses durante operações.

Segundo o autor do artigo, os russos tiveram bastante tempo para analisar e testar a tecnologia de furtividade dos F-22, além de terem coletado dados sobre o uso da aeronave e encontrado meios de combatê-la. Além disso, a Rússia poderá usar essas tecnologias na fabricação de suas aeronaves.

O artigo enfatiza que os radares dos sistemas de mísseis antiaéreos S-300 e S-400 da Rússia …

EUA prometem respeito aos interesses da Turquia na Síria

Os EUA estão levando em consideração os interesses da Turquia ao realizar suas operações militares na Síria e reconhecem a sua legitimidade, informou um comunicado do Pentágono.


Sputnik

Turquia, em diversas ocasiões, manifestou preocupações a respeito das atividades das tropas curdas, que controlam grandes territórios no norte e no ocidente da Síria.


Resultado de imagem para eua siria
Tropas dos EUA na Síria © AFP 2018/ AHMAD AL-RUBAYE

A Turquia teme que a atual situação na Síria possa vir a colaborar com o fortalecimento das tropas curdas, consideradas como terroristas por Ancara.

"As preocupações da Turquia na área de segurança são legítimas. Continuaremos sendo completamente transparentes em nossos contatos com a Turquia sobre os nossos esforços na Síria, voltados para a derrota do Daesh. Apoiamos o nosso aliado na OTAN e no combate contra o terrorismo ao redor do mundo", informou um comunicado divulgado pela assessoria de imprensa do Pentágono nesta quarta-feira.


Postar um comentário