Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Donetsk declara estar em prontidão de combate para se defender de suposta ofensiva de Kiev

Os destacamentos da autoproclamada República Popular de Donetsk (RPD) estão em prontidão de combate total e completamente equipados com todo o necessário para o caso de haver uma possível ofensiva das Forças Armadas da Ucrânia em Donbass, declarou aos jornalistas o vice-comandante da Milícia Popular da RPD, Eduard Basurin.
Sputnik

Anteriormente, Donetsk denunciou a preparação de um grande ataque por parte de Kiev no sul da região de Donetsk com uso de veículos blindados pesados, artilharia e lançadores múltiplos de foguetes.


Segundo dados da inteligência, a ofensiva foi programada para 14 de dezembro com o objetivo final de tomar sob controle a fronteira com a Rússia. O líder da RPD, Denis Pushilin, declarou por sua vez que as forças de Donetsk estavam prontas para repelir o ataque.

"Todas as unidades militares foram colocadas em prontidão de combate total. Desde o momento em que recebemos informação sobre a preparação de uma ofensiva em grande escala do lado ucraniano, os nossos des…

'EUA querem desmembrar a Síria criando força de segurança fronteiriça', diz senador russo

A tentativa dos EUA de criar as chamadas "força de segurança" na Síria tem como objetivo desmembrar um país, cuja unidade não interessa a Washington. Quem afirma é o senador russo, Aleksei Pushkov.


Sputnik

De acordo com uma publicação do Defense Post, a coalizão liderada pelos Estados Unidos para combater o terrorismo na Síria estaria criando no país as chamadas Forças de Segurança da Fronteira em territórios controlados pelo Daesh (Estado Islâmico). 


Militares americanos e rebeldes do Maghaweer al-Thawra, apoiado pelos EUA, em Al Tanf, no sul da Síria
Militares dos EUA atuando ao lado de terroristas na Síria © AP Photo/ Hammurabi's Justice News

"A tentativa dos EUA de criar as 'forças de segurança' sob sua égide no norte da Síria com um total de 30 mil pessoas é um caminho para um desmembramento do país", declarou Pushkov em uma publicação na sua conta do Twitter.

Segundo o representante oficial da coalizão, citado pela publicação, a coalizão trabalha em conjunto com as Forças Democráticas da Síria para criar e treinar novas forças de segurança na fronteira do país árabe. Atualmente, cerca de 230 pessoas são treinadas com o objetivo final de criar uma força de cerca de 30 mil pessoas.


Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas