Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Helicópteros americanos estariam resgatando terroristas do Daesh de prisão síria

Os helicópteros norte-americanos tiraram terroristas do Daesh de uma prisão na cidade síria de Al-Hasakah, informou uma fonte local à Sputnik.
Sputnik

"Habitantes locais viram do telhado helicópteros estadunidenses aterrissando no território de uma prisão local, controlada pelos curdos, para tirar de lá terroristas do Daesh", afirmou a fonte — que preferiu não ser identificada — em Al-Hasakah à Sputnik Árabe.


Além disso, há informações que os militares norte-americanos estariam trazendo para a prisão várias munições, porque planejam criar no lugar uma base.

Anteriormente, a mídia iraquiana comunicou que helicópteros dos EUA tinham transportado membros do grupo Daesh (proibido na Rússia) da prisão central de Al-Hasakah para sua base perto do povoado Abu Hajar, no leste da Síria.

De acordo com fontes locais, na prisão de Al-Hasakah, muito bem fortificada, estariam encarcerados cerca de 100 terroristas, a maioria de cidadania estrangeira. Especialistas sírios acham que são os mesmos…

'EUA querem desmembrar a Síria criando força de segurança fronteiriça', diz senador russo

A tentativa dos EUA de criar as chamadas "força de segurança" na Síria tem como objetivo desmembrar um país, cuja unidade não interessa a Washington. Quem afirma é o senador russo, Aleksei Pushkov.


Sputnik

De acordo com uma publicação do Defense Post, a coalizão liderada pelos Estados Unidos para combater o terrorismo na Síria estaria criando no país as chamadas Forças de Segurança da Fronteira em territórios controlados pelo Daesh (Estado Islâmico). 


Militares americanos e rebeldes do Maghaweer al-Thawra, apoiado pelos EUA, em Al Tanf, no sul da Síria
Militares dos EUA atuando ao lado de terroristas na Síria © AP Photo/ Hammurabi's Justice News

"A tentativa dos EUA de criar as 'forças de segurança' sob sua égide no norte da Síria com um total de 30 mil pessoas é um caminho para um desmembramento do país", declarou Pushkov em uma publicação na sua conta do Twitter.

Segundo o representante oficial da coalizão, citado pela publicação, a coalizão trabalha em conjunto com as Forças Democráticas da Síria para criar e treinar novas forças de segurança na fronteira do país árabe. Atualmente, cerca de 230 pessoas são treinadas com o objetivo final de criar uma força de cerca de 30 mil pessoas.


Postar um comentário