Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Novas incursões sauditas matam 5 civis iemenitas em Hudaydah

Pelo menos cinco civis foram mortos e vários outros ficaram feridos quando caças da Arábia Saudita realizaram uma série de ataques aéreos contra um bairro residencial na província costeira de Hudaydah, no Iêmen, enquanto o regime de Riad continua com sua campanha de bombardeio contra seu vizinho empobrecido.
Pars Today

Fontes locais, falando sob condição de anonimato, disseram à rede de televisão al-Masirah que aviões militares sauditas lançaram três ataques aéreos contra uma área no distrito de al-Hali, localizada a 150 quilômetros a sudoeste da capital Sana, na quinta-feira. tarde.


As fontes acrescentaram que cinco pessoas perderam a vida nos ataques, enquanto outras sofreram ferimentos.

Durante o dia, aviões de guerra sauditas atingiram o aeroporto de Sa'ada e a base militar de Kahlan, situada a 3 quilômetros a nordeste da cidade montanhosa do noroeste de Saada, com bombas de fragmentação.

Exército sírio luta contra Frente al-Nusra em Idlib

Tropas governamentais da Síria estão travando luta sangrenta contra as unidades da organização terrorista Frente al-Nusra (proibida na Rússia) perto da base aérea Abu al-Duhur, no sudeste da província de Idlib, disse à Sputnik uma fonte próxima do local dos acontecimentos.


Sputnik

"As batalhas sangrentas contra os militantes da Frente al-Nusra agora ocorrem nas proximidades da base aérea, acompanhadas por ataques aéreos e de artilharia", contou a fonte.


Soldados de oposição estão preparando munições na província de Idlib na Síria
Terroristas da Frente al-Nusra em Idlib, Síria © AFP 2017/ Khan Shaykhun

Segundo ela, as unidades do exército sírio conseguiram no dia anterior, expulsar os terroristas das 12 aldeias, chegando assim muito perto do perímetro do aeródromo militar.

Os terroristas conquistaram a base Abu al-Duhur em setembro de 2015. Hoje em dia, a base está sob controle dos militantes da Frente al-Nusra, Hizb ut-Tahrir e outras organizações terroristas.

A Síria está em guerra civil desde 2011. As forças do governo têm lutado contra várias facções da oposição armada, bem como grupos terroristas como o Daesh (também proibido na Rússia) e a Frente al-Nusra.


Postar um comentário