Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Reino Unido reforçará sua presença militar no Ártico para se opor à Rússia, diz mídia

O ministro da Defesa britânico, Gavin Williamson, disse que o Reino Unido pretende reforçar a presença militar no Ártico para “proteger” o flanco norte da OTAN das ações da Rússia, segundo o diário The Telegraph.
Sputnik

Segundo o jornal, mais de 1.000 fuzileiros navais da Marinha britânica farão treinamentos anuais com colegas noruegueses no âmbito de um programa previsto para dez anos, formando no futuro próximo um novo destacamento, assinalou Williamson durante uma visita à base militar em Bardufoss, na Noruega.


O ministro britânico mencionou também que o Reino Unido enviará no próximo ano para a região do Ártico um avião de patrulha marítima Poseidon P8 para vigiar a atividade crescente dos submarinos russos.

"Queremos melhorar nossas capacidades em condições de temperaturas abaixo de zero, aprendendo com antigos aliados, tais como a Noruega, ou monitorando as ameaças submarinas com nossos aviões Poseidon. Nos manteremos atentos a novos desafios", afirmou Williamson.

O minist…

Forças Democráticas Sírias teriam derrubado helicóptero turco em Afrin

As Forças Democráticas da Síria (FDS) teriam derrubado um helicóptero turco na cidade síria de Afrin, comunicou o representante das FDS à Sputnik neste sábado (27).


Sputnik

Hoje de manhã, as FDS haviam informado que os militantes do grupo derrubaram dois drones de reconhecimento no povoado de Adama, situado no norte da Síria.


Helicóptero turco (foto de arquivo)
Helicóptero turco © AP Photo/ Selcan Hacaoglu

Os combatentes da FDS participaram também de escaramuças com uma escolta turca na área de Chia, província de Afrin, e com as forças turcas apoiadas pelo Exército Livre da Síria, em Qastal Maaf.

A operação turca Ramo de Oliveira começou em 20 de janeiro, em meio às crescentes tensões entre Ancara e Washington. Os EUA iniciaram recentemente a formação de uma força de segurança na fronteira síria, a ser constituída inclusive por combatentes das Forças Democráticas da Síria, ligadas às Unidades de Proteção do Povo Curdo (YPG), que Ancara considera um grupo terrorista.


Comentários

Postagens mais visitadas