Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Chefe da ONU diz que é essencial evitar escalada de tensões no Irã

O chefe da Organização das Nações Unidas (ONU), Antonio Guterres, alertou neste domingo que é essencial evitar “qualquer forma de escalada” das tensões no Golfo, em meio a temores de um conflito após a derrubada de um drone norte-americano pelo Irã na semana passada.
Por Catarina Demony | Reuters

LISBOA (Reuters) - “O mundo não pode permitir um grande confronto no Golfo”, disse Guterres, nos bastidores da Conferência Mundial de Ministros Responsáveis pela Juventude, em Lisboa . “Todos devem manter nervos de aço.”

Na quinta-feira, um míssil iraniano destruiu um drone de vigilância dos EUA, em um incidente que o governo norte-americano disse que aconteceu no espaço aéreo internacional.

Trump disse mais tarde que ordenou o cancelamento de um ataque militar em retaliação pela ação que poderia ter resultado em 150 mortes.

Teerã repetiu no sábado que o drone foi abatido sobre seu território e disse que responderia com firmeza a qualquer ameaça dos EUA.

Os comentários de Guterres vêm um dia depois…

Houthis teriam derrubado avião militar saudita sobre capital do Iêmen

A mídia local reportou que os houthis iemenitas conseguiram derrubar um avião militar da Arábia Saudita sobre a capital do Iêmen, Sanaa.


Sputnik

Os houthis derrubaram o caça F-15 equipado com um míssil ar-terra, informou a agência do movimento hothis, Saba, citando o comunicado do exército.


Situação no Iêmen (foto de arquivo)
© AP Photo/ Hani Mohammed

O incidente ocorreu um dia após outro avião saudita ter sido derrubado na região controlada pelos houthis, na província de Saada, no norte do Iêmen. A coalizão saudita insiste que o incidente ocorreu devido a problemas técnicos, enquanto os houthis afirmam que o avião foi derrubado por meios da defesa aérea.

O Iêmen vem enfrentando um conflito violento entre as forças governamentais lideradas pelo presidente do país, Abd Rabbuh Mansur Hadi, e o movimento houthis, também conhecido como Ansar Allah.

Desde o segundo trimestre de 2015, a coalizão liderada pela Arábia Saudita tem realizado a operação contra os houthis visando restaurar o governo de Hadi. Por sua vez, as forças houthis respondem regularmente com ataques de mísseis contra a infraestrutura e cidades da Arábia Saudita.


Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas