Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA criticam bombardeiros russos na Venezuela: "Nós mandamos navio-hospital"

O coronel Robert Manning, porta-voz do Departamento de Defesa dos Estados Unidos, criticou com veemência nesta segunda-feira o envio de bombardeiros russos à Venezuela e citou o envio de navio-hospital à região como exemplo do compromisso de Washington com a região.
EFE

Washington - "O enfoque dos EUA sobre a região difere do enfoque da Rússia. No meio da tragédia, a Rússia envia bombardeiros à Venezuela e nós mandamos um navio-hospital", declarou Manning durante uma entrevista coletiva realizada hoje no Pentágono.


O militar se referia com estas palavras ao USNS Comfort, que partiu em meados de outubro rumo à América Central e à América do Sul para oferecer ajuda sanitária aos milhares de refugiados venezuelanos amparados por diversos países da região.

"Enquanto nós oferecemos ajuda humanitária, a Rússia envia bombardeiros", lamentou Manning em referência ao envio uma esquadrilha de aviões russos, incluindo dois bombardeiros estratégicos T-160, capazes de carregar bomb…

Houthis teriam derrubado avião militar saudita sobre capital do Iêmen

A mídia local reportou que os houthis iemenitas conseguiram derrubar um avião militar da Arábia Saudita sobre a capital do Iêmen, Sanaa.


Sputnik

Os houthis derrubaram o caça F-15 equipado com um míssil ar-terra, informou a agência do movimento hothis, Saba, citando o comunicado do exército.


Situação no Iêmen (foto de arquivo)
© AP Photo/ Hani Mohammed

O incidente ocorreu um dia após outro avião saudita ter sido derrubado na região controlada pelos houthis, na província de Saada, no norte do Iêmen. A coalizão saudita insiste que o incidente ocorreu devido a problemas técnicos, enquanto os houthis afirmam que o avião foi derrubado por meios da defesa aérea.

O Iêmen vem enfrentando um conflito violento entre as forças governamentais lideradas pelo presidente do país, Abd Rabbuh Mansur Hadi, e o movimento houthis, também conhecido como Ansar Allah.

Desde o segundo trimestre de 2015, a coalizão liderada pela Arábia Saudita tem realizado a operação contra os houthis visando restaurar o governo de Hadi. Por sua vez, as forças houthis respondem regularmente com ataques de mísseis contra a infraestrutura e cidades da Arábia Saudita.


Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas