Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Quem vai receber 'resposta esmagadora' do Irã pelo atentado em Ahvaz?

No sábado (22), militantes armados abriram fogo contra uma parada militar na cidade de Ahvaz, matando 29 pessoas e ferindo outras 60. O Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica, que perdeu 12 de seus militares no atentado, prometeu que o Irã daria uma "resposta esmagadora" aos envolvidos no ataque. Mas de quem Teerã irá se vingar?
Sputnik

A responsabilidade pelo atentado foi assumida pelo Movimento Democrático Patriótico Árabe de Ahvaz (Al-Ahvazia), ligado à Arábia Saudita.

O líder supremo iraniano, aiatolá Ali Khamenei, comentando a tragédia, afirmou que os atacantes receberam dinheiro da Arábia Saudita e dos Emirados Árabes Unidos e que tinham sido apoiados pelos EUA.

Ex-chefe do Conselho de Cultura da administração presidencial iraniana, doutor Abbas Amirifar, acredita que por trás do ataque em Ahvaz estão países do Ocidente que "têm uma atitude hostil perante o Irã".

"Vale destacar que os terroristas que disseram estar envolvidos no atentado instalaram-se no Oc…

Japão exige que EUA parem com voos de helicópteros AH-1 Cobra

O ministro da Defesa do Japão, Itsunori Onodera, exigiu que os EUA parem com os voos de helicópteros AH-1 Cobra, depois de um deles ter efetuado uma aterrissagem forçada em Okinawa.


Sputnik

"Isso já é demais", afirmou o ministro japonês durante a coletiva de imprensa em Tóquio, citando pela agência Kyodo. Trata-se do terceiro incidente envolvendo helicópteros militares norte-americanos neste mês em Okinawa.


Resultado de imagem para ah-1 cobra
Bell AH-1 Super Cobra | Reprodução

O ministro das Relações Exteriores do Japão, Taro Kono, expressou ao embaixador dos EUA no Japão, William Hagerty, seu "profundíssimo pesar" devido ao incidente e exigiu que os Estados Unidos tomem as medidas necessárias.

"Nós exigimos que os EUA tomem as medidas máximas para garantir a segurança", afirmou o secretário-geral do governo japonês Yoshihide Suga.

O governador da prefeitura de Okinawa, Takeshi Onaga, assinalou que os militares norte-americanos são "completamente incapazes de controlar a situação".

O helicóptero AH-1 Cobra efetuou uma aterrissagem forçada em Okinawa nesta terça-feira (23) sem causar danos e vítimas. Anteriormente, em 8 de janeiro, um helicóptero da mesma classe tinha realizado outro pouso forçado. Em 6 de janeiro, ocorreu o mesmo incidente com um helicóptero norte-americano da classe UH-1 no Japão.

Em dezembro, uma janela de um helicóptero militar dos EUA caiu em cima de um aluno no Japão, causando nele ferimentos leves.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas