Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha da Argentina fala sobre localização do submarino ARA San Juan

Embarcação desaparecida há 1 ano foi localizada neste sábado a 907 metros de profundidade. Ainda não há previsão de início dos trabalhos de resgate. 'Não temos meios para resgatar o submarino', diz ministro.
Por G1

A Marinha da Argentina informou neste sábado (17) que o submarino ARA San Juan, que sumiu há 1 ano com 44 tripulantes, foi encontrado a 907 metros de profundidade em uma área de "visibilidade bastante reduzida", e que a embarcação sofreu uma "implosão" no fundo das águas do Oceano Atlântico.

Segundo Enrique Balbi, porta-voz da Marinha, a proa, a popa e a vela se desprenderam do submarino e estão localizadas em uma área de 80 a 100 metros. “Isso sugere que a implosão tenha ocorrido muito perto do fundo”, disse.

Segundo a Marinha, as imagens mostram que o casco do submarino permaneceu bastante intacto, apenas com algumas deformações, e que todas as outras partes se desprenderam. A implosão teria ocorrido em razão da pressão externa do mar ter superado …

Japão exige que EUA parem com voos de helicópteros AH-1 Cobra

O ministro da Defesa do Japão, Itsunori Onodera, exigiu que os EUA parem com os voos de helicópteros AH-1 Cobra, depois de um deles ter efetuado uma aterrissagem forçada em Okinawa.


Sputnik

"Isso já é demais", afirmou o ministro japonês durante a coletiva de imprensa em Tóquio, citando pela agência Kyodo. Trata-se do terceiro incidente envolvendo helicópteros militares norte-americanos neste mês em Okinawa.


Resultado de imagem para ah-1 cobra
Bell AH-1 Super Cobra | Reprodução

O ministro das Relações Exteriores do Japão, Taro Kono, expressou ao embaixador dos EUA no Japão, William Hagerty, seu "profundíssimo pesar" devido ao incidente e exigiu que os Estados Unidos tomem as medidas necessárias.

"Nós exigimos que os EUA tomem as medidas máximas para garantir a segurança", afirmou o secretário-geral do governo japonês Yoshihide Suga.

O governador da prefeitura de Okinawa, Takeshi Onaga, assinalou que os militares norte-americanos são "completamente incapazes de controlar a situação".

O helicóptero AH-1 Cobra efetuou uma aterrissagem forçada em Okinawa nesta terça-feira (23) sem causar danos e vítimas. Anteriormente, em 8 de janeiro, um helicóptero da mesma classe tinha realizado outro pouso forçado. Em 6 de janeiro, ocorreu o mesmo incidente com um helicóptero norte-americano da classe UH-1 no Japão.

Em dezembro, uma janela de um helicóptero militar dos EUA caiu em cima de um aluno no Japão, causando nele ferimentos leves.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas