Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Donetsk declara estar em prontidão de combate para se defender de suposta ofensiva de Kiev

Os destacamentos da autoproclamada República Popular de Donetsk (RPD) estão em prontidão de combate total e completamente equipados com todo o necessário para o caso de haver uma possível ofensiva das Forças Armadas da Ucrânia em Donbass, declarou aos jornalistas o vice-comandante da Milícia Popular da RPD, Eduard Basurin.
Sputnik

Anteriormente, Donetsk denunciou a preparação de um grande ataque por parte de Kiev no sul da região de Donetsk com uso de veículos blindados pesados, artilharia e lançadores múltiplos de foguetes.


Segundo dados da inteligência, a ofensiva foi programada para 14 de dezembro com o objetivo final de tomar sob controle a fronteira com a Rússia. O líder da RPD, Denis Pushilin, declarou por sua vez que as forças de Donetsk estavam prontas para repelir o ataque.

"Todas as unidades militares foram colocadas em prontidão de combate total. Desde o momento em que recebemos informação sobre a preparação de uma ofensiva em grande escala do lado ucraniano, os nossos des…

Jornalista desvenda planos secretos da Ucrânia de comprar todo um arsenal

Um jornalista ucraniano, Yuri Butusov, vazou no Facebook uma informação secreta do Estado-Maior das Forças Armadas da Ucrânia sobre seus planos de adquirir 800 sistemas de mísseis antitanque e 500 veículos aéreos não tripulados.


Sputnik

Representantes do Estado-Maior da Ucrânia comunicaram ao portal Liga.net que a informação sobre os planos de adquirir os mísseis antitanque e drones publicada por Yuri Butusov era altamente sigilosa. Segundo eles, a ordem para o fornecimento de armas e equipamentos militares para o exército ucraniano está estabelecida no programa estatal aprovado em 30 de março de 2016 e que estará em vigor até 2020.


Soldados do exército ucraniano
Militares do exército ucraniano © AP Photo/ Efrem Lukatsky

Em 15 de janeiro de 2018, Yuri Butusov publicou no seu Facebook uma revelação dos planos do Estado-Maior das Forças Armadas da Ucrânia de adquirir 800 sistemas de mísseis antitanque Stugna e Korsar e 500 veículos aéreos não tripulados.

"500 drones é um nível totalmente novo para o exército ucraniano", escreveu o jornalista no Facebook, bem como destacou que por agora a Ucrânia nem sequer tem o número necessário de efetivos para poder operar uma tal quantidade de equipamentos militares.

"Por que isso é importante? Um atraso crítico no fornecimento de drones e mísseis guiados pode ser visível [na Ucrânia] durante o quarto ano da guerra", enfatizou Butusov.

De acordo com a mídia ucraniana Strana, o preço do sistema Korsar é de cerca de 130.000 dólares (409.052 reais), enquanto o preço de cada um dos seus projéteis – também do sistema Stugna – atinge cerca de 20.000 dólares (62.932 reais).


Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas