Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Su-57 russo supera caças de 5ª geração F-22 e F-35 dos EUA, diz piloto militar

O uso de caças F-22 pela Força Aérea dos EUA na Síria privou este modelo de suas vantagens sobre aeronaves russas, segundo a mídia norte-americana. Em entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik, um piloto militar russo comentou a situação.
Sputnik

A utilização de caças norte-americanos F-22 na Síria privou os EUA das vantagens destes caças em relação aos caças russos, escreveu o jornal Military Watch. Segundo Veralinn Jamieson, tenente-general da Força Aérea dos EUA, os céus do Iraque e da Síria se tornaram "armazém de informações" para russos sobre atuação de caças estadunidenses durante operações.

Segundo o autor do artigo, os russos tiveram bastante tempo para analisar e testar a tecnologia de furtividade dos F-22, além de terem coletado dados sobre o uso da aeronave e encontrado meios de combatê-la. Além disso, a Rússia poderá usar essas tecnologias na fabricação de suas aeronaves.

O artigo enfatiza que os radares dos sistemas de mísseis antiaéreos S-300 e S-400 da Rússia …

Partida da fragata ‘Independência’ para comissão ‘Líbano XIII’

No próximo domingo, dia 28 de janeiro, às 10 horas, a Fragata “Independência” desatracará da Base Naval do Rio de Janeiro para cumprir a Operação Líbano XIII.


Poder Naval

Durante o período de março a setembro, o Navio irá capitanear a Força-Tarefa Marítima da Força Interina das Nações Unidas no Líbano (FTM-UNIFIL), que tem como missão impedir a entrada, em território libanês, de armas ilegais e contrabandos, além de prestar apoio para o desenvolvimento da Marinha do Líbano, no que tange o treinamento de seu pessoal, a fim de torná-la capaz de controlar suas águas territoriais no futuro.


Fragata Independência (F44) | Reprodução

Na sua partida para o Líbano, a Fragata “Independência” fará escalas logísticas nos portos de Natal-RN, Praia-CPV e Toulon-FRA.

A Fragata “Independência” é a quinta de uma série de 6 fragatas da classe Niterói; ordenadas em 20 de setembro de 1970 como parte do Programa de Renovação e Ampliação de Meios Flutuantes da Marinha, e a primeira construída pelo AMRJ. Seu deslocamento carregado é de 3.800 ton e suas dimensões são: 129.2 m de comprimento, 13.5 m de boca e 5.9 m de calado.



  • Evento: Fragata “Independência” suspende para a comissão “Líbano XIII”.
  • Local: Base Naval do Rio de Janeiro.
  • Data: 28 de janeiro de 2018.
  • Horário: 10h.
  • Endereço: Ilha de Mocanguê, s/n – Niterói-RJ.
DIVULGAÇÃO: Marinha do Brasil

Postar um comentário