Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha da Argentina fala sobre localização do submarino ARA San Juan

Embarcação desaparecida há 1 ano foi localizada neste sábado a 907 metros de profundidade. Ainda não há previsão de início dos trabalhos de resgate. 'Não temos meios para resgatar o submarino', diz ministro.
Por G1

A Marinha da Argentina informou neste sábado (17) que o submarino ARA San Juan, que sumiu há 1 ano com 44 tripulantes, foi encontrado a 907 metros de profundidade em uma área de "visibilidade bastante reduzida", e que a embarcação sofreu uma "implosão" no fundo das águas do Oceano Atlântico.

Segundo Enrique Balbi, porta-voz da Marinha, a proa, a popa e a vela se desprenderam do submarino e estão localizadas em uma área de 80 a 100 metros. “Isso sugere que a implosão tenha ocorrido muito perto do fundo”, disse.

Segundo a Marinha, as imagens mostram que o casco do submarino permaneceu bastante intacto, apenas com algumas deformações, e que todas as outras partes se desprenderam. A implosão teria ocorrido em razão da pressão externa do mar ter superado …

Por que Pentágono quer saber estado de preparação dos vizinhos da Rússia para a guerra?

A Agência de Logística do Departamento de Defesa dos EUA vai estudar a infraestrutura de cinco países europeus vizinhos da Rússia (Bielorrússia, Ucrânia, Moldávia, Finlândia e Polônia) a fim de analisar sua preparação para as condições de ações militares, se lê no documento a que canal russo RT teve acesso.


Sputnik

Conforme é indicado, o Pentágono precisa deste estudo para compreender as redes logísticas e cadeias de entregas de produtos diferentes que têm como ponto final estes países, a fim de preparar a própria indústria para funcionar em condições de ações militares e situações de emergência.


Pentágono, sede do Departamento de Defesa dos EUA
Pentágono | CC0

Os relatórios finais devem conter os dados sobre fontes locais e regionais de água e diferentes produtos alimentícios, combustíveis, medicamentos, vestuário e equipamento industrial.

O Pentágono também está interessado nas informações sobre materiais e técnicas de construção. Além do mencionado, os relatórios devem conter informações sobre as capacidades de produção local e capacidades de mobilização.

Além do mais, os EUA planejam obter dados sobre a infraestrutura de transporte dos países do Leste Europeu, ou seja, sobre portos, rodovias e estradas, aeroportos, pontes e serviços de ferry.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas