Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Erdogan: exército sírio parou de avançar para Afrin

O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, declarou que as tropas do governo sírio deixaram de avançar para a cidade de Afrin "após consultas", realizadas pelo líder turco nesta segunda-feira.
Sputnik

As tropas do governo sírio "foram realmente detidas ontem (segunda-feira)", afirmou Erdogan, segundo a agência de notícias Anadolu. Segundo o chefe de Estado, isso aconteceu "após consultas". No entanto, Erdogan não especificou à que consultas estaria se referindo.


Nesta segunda-feira, o líder turco discutiu a situação em Afrin durante conversa telefônica com seus homólogos russo e iraniano, Vladimir Putin e Hassan Rouhani.

Erdogan também afirmou que as milícias pró-governo que tentaram entrar em Afrin nesta terça-feira, e que foram repelidas pelas tropas turcas, o fizeram por iniciativa própria.

"A milícia síria decidiu entrar em Afrin por conta própria. Isso é inaceitável e não ficará sem resposta", alertou Erdogan.

Anteriormente, a imprensa infor…

Projeto que tira poder da Marinha do Brasil volta a tramitar no Senado

Enquanto as atenções estão fixadas no FlaxFlu político, a PEC 52/2012, do senador Vicentinho Alves, voltou a tramitar no Senado Federal.


Por Daniel Brunet | O Globo

A proposta cria a Polícia Hidroviária Federal, retirando da Marinha do Brasil o controle e fiscalização do tráfego hidroviário, inclusive dos portos.


Lancha da Marinha do Brasil

A PEC foi representada recentemente e, agora, aguarda a indicação de um relator.

Em tempo…


O senador Vicentinho Alves é aliado de Temer, investigado por supostamente favorecer a Rodrimar, operadora de terminais, no caso do Decreto dos Portos.

Postar um comentário