Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Caça F-22 dos EUA faz pouso de emergência no Alasca

Nesta quarta-feira (11), um caça de quinta geração F-22 Raptor da Força Aérea dos EUA fez um pouso de emergência em uma base militar no Alasca, de acordo com a agência AP.
Sputnik

De acordo com a agência, a aeronave aterrissou na base de Elmendorf-Richardson, na cidade de Anchorage, devido a uma falha no funcionamento do chassi de aterrissagem.

As imagens do acidente divulgadas pelo Facebook demonstram que uma das rodas não saiu e a aeronave acabou pousando sobre sua asa esquerda.

O piloto saiu ileso. Entretanto, a porta-voz da Força Aérea dos EUA, Erin Eaton, informou sobre o início de uma investigação da ocorrência.

Outros acidentes

O avião F-22 é um caça bimotor monolugar produzido pela corporação norte-americana Lockheed Martin. A Força Aérea dos EUA conta com 186 aeronaves do modelo.

Em abril, foi registrada uma falha de motor em um F-22 durante a decolagem da base aérea de Fallon, como resultado a aeronave acabou caindo sobre a pista.

Outro acidente, que também ocorreu em abril, teve lu…

Província turca é atacada a partir do território sírio

A província turca de Kilis foi atingida por três foguetes lançados a partir do território sírio, uma pessoa sofreu ferimentos leves, informa a agência turca Anadolu.


Sputnik

Segundo a Anadolu, o alvo do ataque foi a cidade de Kilis, capital da província. Como afirma uma fonte citada pela agência, o ataque danificou alguns prédios. Ao local foram enviados serviços de segurança pública.


Policial na cidade de Kilis, na Turquia, foto de arquivo
Kilis, Turquia © REUTERS/ Umit Bektas

Não se detalha quem teria lançado os foguetes.

Mais tarde o premiê turco, Binali Yildirim, detalhou que foram seis os foguetes que atingiram a cidade turca de Kilis. O ataque não resultou em vítimas mortais, mas duas pessoas foram feridas.

No sábado (20) o Estado-Maior turco anunciou o início da Operação Ramo de Oliveira contra as formações curdas na cidade síria de Afrin. A operação foi iniciada às 12h00 no horário de Brasília. De acordo com Estado-Maior turco, da operação participam 72 aviões, que já atacaram 108 dos 113 alvos estabelecidos.

O lado curdo, por sua parte, denunciou nove vítimas, inclusive seis civis. Mais 13 pessoas resultaram feridas.

Mais cedo, o premiê turco, Binali Yildirim declarou que hoje (21) iria ser iniciada a operação terrestre em Afrin.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas