Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Helicópteros americanos estariam resgatando terroristas do Daesh de prisão síria

Os helicópteros norte-americanos tiraram terroristas do Daesh de uma prisão na cidade síria de Al-Hasakah, informou uma fonte local à Sputnik.
Sputnik

"Habitantes locais viram do telhado helicópteros estadunidenses aterrissando no território de uma prisão local, controlada pelos curdos, para tirar de lá terroristas do Daesh", afirmou a fonte — que preferiu não ser identificada — em Al-Hasakah à Sputnik Árabe.


Além disso, há informações que os militares norte-americanos estariam trazendo para a prisão várias munições, porque planejam criar no lugar uma base.

Anteriormente, a mídia iraquiana comunicou que helicópteros dos EUA tinham transportado membros do grupo Daesh (proibido na Rússia) da prisão central de Al-Hasakah para sua base perto do povoado Abu Hajar, no leste da Síria.

De acordo com fontes locais, na prisão de Al-Hasakah, muito bem fortificada, estariam encarcerados cerca de 100 terroristas, a maioria de cidadania estrangeira. Especialistas sírios acham que são os mesmos…

Província turca é atacada a partir do território sírio

A província turca de Kilis foi atingida por três foguetes lançados a partir do território sírio, uma pessoa sofreu ferimentos leves, informa a agência turca Anadolu.


Sputnik

Segundo a Anadolu, o alvo do ataque foi a cidade de Kilis, capital da província. Como afirma uma fonte citada pela agência, o ataque danificou alguns prédios. Ao local foram enviados serviços de segurança pública.


Policial na cidade de Kilis, na Turquia, foto de arquivo
Kilis, Turquia © REUTERS/ Umit Bektas

Não se detalha quem teria lançado os foguetes.

Mais tarde o premiê turco, Binali Yildirim, detalhou que foram seis os foguetes que atingiram a cidade turca de Kilis. O ataque não resultou em vítimas mortais, mas duas pessoas foram feridas.

No sábado (20) o Estado-Maior turco anunciou o início da Operação Ramo de Oliveira contra as formações curdas na cidade síria de Afrin. A operação foi iniciada às 12h00 no horário de Brasília. De acordo com Estado-Maior turco, da operação participam 72 aviões, que já atacaram 108 dos 113 alvos estabelecidos.

O lado curdo, por sua parte, denunciou nove vítimas, inclusive seis civis. Mais 13 pessoas resultaram feridas.

Mais cedo, o premiê turco, Binali Yildirim declarou que hoje (21) iria ser iniciada a operação terrestre em Afrin.


Postar um comentário