Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Turquia acionará judicialmente os EUA, caso entregas dos F-35 sejam bloqueadas

Segundo o porta-voz do presidente turco, Ibrahim Kalin, a Turquia recorrerá a medidas jurídicas caso as entregas dos F-35 sejam bloqueadas pelos EUA.
Sputnik

Ibrahim Kalin citou para a mídia turca que "não é nada fácil rescindir este contrato, somos parte de um contrato multilateral, cumprimos com todas as exigências e pagamos, caso os EUA não cumpram, recorreremos à lei".

O Congresso americano decidiu recentemente suspender as entregas dos caças americanos de quinta geração F-35 à Turquia devido aos planos de Ancara de adquirir o sistema de defesa antiaérea russo S-400, além de ameaçá-la com sanções em diversas ocasiões, como citado em artigo da Sputnik Mundo.

O avançado sistema antiaéreo S-400 Triumph (SA-21 Growler, na classificação da OTAN) é capaz de abater alvos aéreos com tecnologia furtiva, mísseis de cruzeiro e mísseis balísticos táticos e táticos-operacionais, tem um alcance de até 400 km e pertence à geração 4+, sendo duas vezes mais eficaz que seus antecessores.

Os se…

Província turca é atacada a partir do território sírio

A província turca de Kilis foi atingida por três foguetes lançados a partir do território sírio, uma pessoa sofreu ferimentos leves, informa a agência turca Anadolu.


Sputnik

Segundo a Anadolu, o alvo do ataque foi a cidade de Kilis, capital da província. Como afirma uma fonte citada pela agência, o ataque danificou alguns prédios. Ao local foram enviados serviços de segurança pública.


Policial na cidade de Kilis, na Turquia, foto de arquivo
Kilis, Turquia © REUTERS/ Umit Bektas

Não se detalha quem teria lançado os foguetes.

Mais tarde o premiê turco, Binali Yildirim, detalhou que foram seis os foguetes que atingiram a cidade turca de Kilis. O ataque não resultou em vítimas mortais, mas duas pessoas foram feridas.

No sábado (20) o Estado-Maior turco anunciou o início da Operação Ramo de Oliveira contra as formações curdas na cidade síria de Afrin. A operação foi iniciada às 12h00 no horário de Brasília. De acordo com Estado-Maior turco, da operação participam 72 aviões, que já atacaram 108 dos 113 alvos estabelecidos.

O lado curdo, por sua parte, denunciou nove vítimas, inclusive seis civis. Mais 13 pessoas resultaram feridas.

Mais cedo, o premiê turco, Binali Yildirim declarou que hoje (21) iria ser iniciada a operação terrestre em Afrin.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas