Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Executiva da Huawei deixa a prisão após pagar fiança no Canadá; ex-diplomata canadense é preso na China

Justiça aceitou pedido da chinesa, que foi detida a pedido dos Estados Unidos e corria risco de extradição. Fiança estipulada fixada em US$ 7,5 milhões.
Por G1

A diretora financeira da Huawei, Meng Wanzhou, foi solta nesta quarta-feira (12) depois de passar 11 dias presa no Canadá.

A executiva teve aceito o pedido de liberdade condicional, por um juiz canadense. O valor da fiança foi fixado em 10 milhões de dólares canadenses (US$ 7,5 milhões).

Meng saiu da prisão poucas horas depois da ordem do juiz, informou o canal Global News.

"O risco de que não se apresente perante o tribunal (para uma audiência de extradição) pode ser reduzido a um nível aceitável, impondo as condições de fiança propostas por seu assessor", disse o juiz, aplaudido na sala do tribunal pelos partidários da empresa chinesa, informa a France Presse.

As condições de libertação incluem a entrega de seus dois passaportes, que permaneça em uma de suas residências de Vancouver e use tornozeleira eletrônica. Além dis…

Revelado 'defeito' de novos blindados alemães destinados a 'conter' Rússia

O novo blindado Puma das tropas terrestres alemãs, projetado para as forças da OTAN, cujo principal objetivo será conter a Rússia, parece ter algo que impedirá todos os seus planos.


Sputnik

Segundo escreve o canal N-tv.de, aparentemente este veículo blindado se tornará o novo "filho problemático" da Bundeswehr (Forças Armadas da Alemanha).


Novo blindado alemão Puma
Novo blindado alemão Puma | CC BY 2.0 / 270862

De acordo com fontes militares alemãs, os novos veículos blindados de combate de infantaria construídos para o exército têm caraterísticas antigas, enquanto sua modificação necessita de muitos gastos. Além disso, pouco tempo resta para o início planejado do serviço.

Bundeswehr já recebeu 190 blindados de 350 encomendas. É necessário modernizar pelo menos 40 deles para as forças da OTAN, no valor estimado em € 500 milhões (R$ 1,95 bilhões), segundo dados do N-tv.de.

O principal problema é a ausência de aparelhos de rádio capazes de transmitir sinais criptografados. Sem esse aparelho, o Puma não tem nada para se opor à tecnologia dos blindados com armamento moderno. Agora, o Ministério da defesa da Alemanha deve tomar a decisão de gastar ou não o dinheiro em sua modernização.

Caso sejam investidos, um terço será gasto em modernização de blindados existentes, outro terço — em aparelhos de rádio e software, e o último, em detalhes adicionais e recuperação.

No entanto, para que a OTAN seja capaz de usar 40 blindados em 2023, é preciso que entrem em serviço em 2020, pois são necessários três anos para os preparativos de utilização e treinamentos.


Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas