Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Israel realiza novos bombardeios na Faixa de Gaza após queda de foguete

Aviação israelense atacou instalações subterrâneas em Gaza. Foguete disparado de Gaza caiu em cidade israelense sem causar vítimas.
France Presse

Aviões de guerra israelenses realizaram novos ataques na madrugada desta segunda-feira (19) na Faixa de Gaza, onde a tensão foi reduzida, mas sem dissipar todo o fantasma de um novo confronto.

A aviação israelense atacou instalações subterrâneas no sul do território do movimento palestino Hamas, afirmou em um comunicado.

Israel respondeu assim ao disparo de um foguete lançado no domingo à noite a partir da Faixa de Gaza - o segundo em 24 horas - e que caiu sem causar vítimas nas proximidades de Sderot, cidade israelense perto do enclave palestino.

O exército de Israel manteve sua política de resposta sistemática a qualquer intervenção hostil a partir dos territórios palestinos, onde travou três guerras contra o Hamas e grupos armados palestinos aliados desde 2008.

Israel usará "todos os meios à sua disposição" para garantir a segurança d…

Rússia ignora pedido dos EUA para suspender a venda de 6 Su-30 a Myanmar

Moscou não vai prestar atenção às acusações de Washington sobre os planos de venda de aviões Sukhoi-30 para Myanmar.


TASS | Poder Aéreo

MOSCOU - “A Rússia observou invariavelmente as normas, regras e princípios do direito internacional [no campo da cooperação militar-técnica] e continuará a fazê-lo no futuro”, disse o porta-voz presidencial Dmitry Peskov na mídia no dia 26 de janeiro. “É evidente que, por esta razão, não podemos prestar atenção a tais acusações [dos Estados Unidos sobre o fornecimento de jatos de combate a Myanmar]”.

Sukhoi Su-30

Na segunda-feira, o vice-ministro da Defesa russo, o tenente-general Aleksandr Fomin, disse que durante a visita do ministro da Defesa russa, Sergey Shoigu, a Myanmar, concordou que a Rússia forneceria seis jatos Sukhoi-30. Fomin acredita que este avião “se tornará o principal avião de combate da Força Aérea de Myanmar crucial para proteger a integridade territorial do país e para combater as ameaças terroristas”.

O armamento russo ganhou boa reputação com as forças armadas de Myanmar.

A porta-voz do Departamento de Estado dos EUA, Heather Nauert, disse à TASS que a Rússia deve mostrar solidariedade com outros países e prestar assistência humanitária a Myanmar, enquanto o fornecimento de armas a esse país pode potencialmente agravar a situação.

Postar um comentário