Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Análise: presidente ucraniano mata sua indústria ao introduzir novas sanções contra Rússia

O presidente da Ucrânia, Pyotr Poroshenko, assinou um decreto sobre as sanções contra a Rússia adotadas pelo Conselho de Defesa e Segurança Nacional da Ucrânia. O especialista Eduard Popov falou com a Sputnik e indicou qual o principal objetivo perseguido pelo governo ucraniano com tal iniciativa.
Sputnik

Em 2 de maio, o Conselho de Defesa e Segurança Nacional da Ucrânia ampliou as medidas restritivas em relação a diversas pessoas físicas e jurídicas russas, bem como prolongou a vigência das sanções introduzidas anteriormente.

Segundo informou a assessoria de imprensa da entidade, as sanções são aplicadas a pessoas "relacionadas com a agressão no ciberespaço e no campo informacional" contra a Ucrânia, "ações criminosas" contra os cidadãos ucranianos detidos na Rússia, bem como aos deputados da Duma de Estado e do Conselho da Federação da Rússia.

O diretor do Centro de Cooperação Pública e Informativa "Europa", Eduardo Popov, disse ao serviço russo da Rádio Sp…

Rússia pede moderação da Turquia em operação militar contra curdos em Afrin

O Ministério da Defesa da Rússia expressou preoucupação com o início da operação militar turca contra a cidade síria de Afrin neste sábado (20).


Sputnik

De acordo com o comunicado do Ministério da Defesa, a Rússia pede moderação pros dois lados do conflito e firma sua posição na resolução da crise síria baseada na salvaguarda da integridade territorial da Síria e no respeito à sua soberania.


Militar da Turquia (foto de arquivo)
Militar turco © AFP 2018/ OZAN KOSE / AFP

Foi informado também que Moscou tomou medidas para garantir a segurança de seus militares na região de Afrin.

"O comando do grupo de tropas russas na Síria tomou medidas para assegurar a segurança dos militares russos implantados no cidade de Afrin, onde as Forças Armadas turcas lançaram uma operação especial contra as formações curdas", informou o Ministério da Defesa.

O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, confirmou no início deste sábado o início oficial da operação contra posições curdas na cidade síria de Afrin, acrescentando que a operação seria seguida por outra na cidade síria de Manbij.


Postar um comentário