Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Donetsk declara estar em prontidão de combate para se defender de suposta ofensiva de Kiev

Os destacamentos da autoproclamada República Popular de Donetsk (RPD) estão em prontidão de combate total e completamente equipados com todo o necessário para o caso de haver uma possível ofensiva das Forças Armadas da Ucrânia em Donbass, declarou aos jornalistas o vice-comandante da Milícia Popular da RPD, Eduard Basurin.
Sputnik

Anteriormente, Donetsk denunciou a preparação de um grande ataque por parte de Kiev no sul da região de Donetsk com uso de veículos blindados pesados, artilharia e lançadores múltiplos de foguetes.


Segundo dados da inteligência, a ofensiva foi programada para 14 de dezembro com o objetivo final de tomar sob controle a fronteira com a Rússia. O líder da RPD, Denis Pushilin, declarou por sua vez que as forças de Donetsk estavam prontas para repelir o ataque.

"Todas as unidades militares foram colocadas em prontidão de combate total. Desde o momento em que recebemos informação sobre a preparação de uma ofensiva em grande escala do lado ucraniano, os nossos des…

Rússia poderá fornecer sistemas S-400 para países do Oriente Médio e Sudeste Asiático

Moscou está realizando negociações sobre a venda de sistemas de defesa antiaérea S-400 Triumph aos países do Oriente Médio e do Sudeste Asiático, informou o ministro da Defesa russo, Sergei Shoigu.


Sputnik

"Mais países expressaram interesse em adquirir o S-400, em particular, do Oriente Médio e do Sudeste Asiático; neste momento estão sendo realizadas as negociações correspondentes", declarou o ministro.


Sistemas de defesa antiaérea S-4000 Triumph na Crimeia
S-400 Triumph na Crimeia © Sputnik/ Aleksei Malgavko

Shoigu sublinhou que atualmente dois sistemas de mísseis S-400 Triumph estão posicionados na Síria, assegurando a defesa aérea das bases russas de Hmeymim e Tartus.

O ministro definiu o sistema como "único", sem análogos no mundo, o que prova o recente acordo de fornecimento de S-400 para a Turquia, um dos membros da OTAN.

A Turquia é o segundo Estado-membro da Aliança Atlântica a possuir sistemas de mísseis antiaéreos russos de grande alcance. O primeiro foi a Grécia, cujo exército conta com sistemas S-300.

Anteriormente, o jornal indiano Times of India comunicou, citando uma fonte militar, que a Rússia e a Índia estão terminando as negociações para a venda de cinco divisões de S-400. Segundo a edição, o valor do acordo atingirá cerca de 5,5 bilhões de dólares (R$ 17,6 bilhões). Uma divisão de S-400 possui oito lançadores múltiplos com quatro mísseis cada um.

No ano passado, Moscou e Ancara firmaram um acordo para o fornecimento de S-400 Triumph à Turquia, que já fez o primeiro pagamento.

O sistema de defesa S-400 Triumph (SA-21 Growler na classificação da OTAN) é o mais recente sistema de mísseis interceptores de longo alcance. É destinado a abater meios aéreos, mísseis balísticos e de cruzeiro, incluindo os de médio alcance, bem como alvos terrestres.

O sistema tem um alcance de até 400 quilômetros, sendo capaz de eliminar alvos a uma altitude de até 30 quilômetros.


Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas