Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

China: 'Relatório do Pentágono distorce nossas intenções estratégicas'

A China rejeita firmemente as conclusões do relatório do Departamento de Defesa dos EUA sobre a situação militar e de segurança no país asiático, disse em comunicado o porta-voz do Ministério da Defesa chinês, Lu Kang.
Sputnik

"Em 17 de agosto, o Departamento de Defesa dos Estados Unidos divulgou o relatório sobre a situação militar e de segurança na China, interpretando mal as intenções estratégicas da China e apresentando a chamada ‘ameaça militar chinesa' […] Os militares chineses expressam sua firme oposição a esse respeito", diz a declaração.

"As alegações do relatório dos EUA são pura especulação", disse Kang, explicando que o programa de modernização do Exército chinês se destina a defender "os interesses da soberania, segurança e desenvolvimento do país" e para "providenciar a paz, estabilidade e prosperidade globais".

O porta-voz do ministério chinês também reiterou a posição firme de seu país em relação a Taiwan, que ele definiu como u…

Tanques turcos entram em Afrin, apoiando ofensiva da oposição síria

Hoje (21), um canal turco, citando uma fonte militar, informou que os veículos blindados do país entraram na província síria de Afrin, prestando apoio à ofensiva dos grupos de oposição.


Sputnik

A emissora turca NTV adianta que os tanques turcos apoiam as ações militares do Exército Livre da Síria e não estão enfrentando grande resistência por parte das forças de autodefesa dos curdos sírios.


Tanque turco durante uma operação perto da fronteira com a Síria
Tanques do exército turco em operação na fronteira com a Síria © AP Photo/ IHA via AP

Os últimos, por sua vez, estão se retirando para o interior do território sírio, comunica a mídia.

Mais cedo, o Estado-Maior da Turquia anunciou o início da operação "Ramo de Oliveira" contra os grupos curdos na província síria de Afrin, que começou precisamente às 14h00 locais (12h00 no horário de Brasília).

De acordo com a entidade militar, a operação conta com a participação de 72 aviões, enquanto 108 dos 113 alvos planejados já foram eliminados.

Há poucos dias, o premiê turco, Binali Yildirim, havia avançado a hipótese de começar uma operação terrestre neste domingo (21).

O governo sírio condenou resolutamente a agressão turca contra Afrin, que é parte integrante do território sírio.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas