Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Su-57 russo supera caças de 5ª geração F-22 e F-35 dos EUA, diz piloto militar

O uso de caças F-22 pela Força Aérea dos EUA na Síria privou este modelo de suas vantagens sobre aeronaves russas, segundo a mídia norte-americana. Em entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik, um piloto militar russo comentou a situação.
Sputnik

A utilização de caças norte-americanos F-22 na Síria privou os EUA das vantagens destes caças em relação aos caças russos, escreveu o jornal Military Watch. Segundo Veralinn Jamieson, tenente-general da Força Aérea dos EUA, os céus do Iraque e da Síria se tornaram "armazém de informações" para russos sobre atuação de caças estadunidenses durante operações.

Segundo o autor do artigo, os russos tiveram bastante tempo para analisar e testar a tecnologia de furtividade dos F-22, além de terem coletado dados sobre o uso da aeronave e encontrado meios de combatê-la. Além disso, a Rússia poderá usar essas tecnologias na fabricação de suas aeronaves.

O artigo enfatiza que os radares dos sistemas de mísseis antiaéreos S-300 e S-400 da Rússia …

Tráfego mais inesperado: caças russos aterrissam em plena rodovia (VÍDEO)

Pilotos do Distrito Militar do Sul da Rússia treinaram aterrisagem de caças Su-30M2 e de caça-bombardeiro Su-34 em rodovias convencionais. O exercício foi realizado no âmbito de manobras táticas da unidade mista da Força Aérea e da Defesa Antiaérea.


Sputnik

Os pilotos dos caças pesados praticaram aproximação e aterrissagem em uma estrada de apenas 18 metros de largura sem parar completamente, mas desacelerando os veículos aéreos devido a "condições climáticas difíceis", diz-se no comunicado do Ministério da Defesa da Rússia.


Bombardeiro russo Su-34 decola da base aérea russa de Hmeymim na Síria
Sukhoi Su-34 © Sputnik/ Dmitry Vinogradov

Cada piloto efetuou a manobra três vezes. O órgão militar russo publicou um curto vídeo dos exercícios.

Durante as mesmas manobras, as unidades da Força Aérea e da Defesa Antiaérea treinaram defesa da pista de decolagem de um grupo de sabotagem convencional, bem como evacuação de feridos por um helicóptero Ka-27 e aterrisagem em pista danificada.

Além disso, pilotos dos caças Su-30M2 e Su-34 simularam combate com um inimigo convencional, praticando acrobacia aérea.


Postar um comentário