Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

China: 'Relatório do Pentágono distorce nossas intenções estratégicas'

A China rejeita firmemente as conclusões do relatório do Departamento de Defesa dos EUA sobre a situação militar e de segurança no país asiático, disse em comunicado o porta-voz do Ministério da Defesa chinês, Lu Kang.
Sputnik

"Em 17 de agosto, o Departamento de Defesa dos Estados Unidos divulgou o relatório sobre a situação militar e de segurança na China, interpretando mal as intenções estratégicas da China e apresentando a chamada ‘ameaça militar chinesa' […] Os militares chineses expressam sua firme oposição a esse respeito", diz a declaração.

"As alegações do relatório dos EUA são pura especulação", disse Kang, explicando que o programa de modernização do Exército chinês se destina a defender "os interesses da soberania, segurança e desenvolvimento do país" e para "providenciar a paz, estabilidade e prosperidade globais".

O porta-voz do ministério chinês também reiterou a posição firme de seu país em relação a Taiwan, que ele definiu como u…

Turquia alega ter eliminado 260 combatentes curdos em Afrin

Pelo menos 260 membros de grupos armados curdos foram eliminados no âmbito da operação militar "Ramo de Oliveira" na cidade síria de Afrin, informou um comunicado do Estado-Maior do exército da Turquia.


Sputnik

"No âmbito da operação, em 23 de janeiro, durante combates com membros de organizações terroristas, um companheiro de armas morreu e um ficou ferido. No entanto, durante o curso da operação, no mínimo 260 terroristas foram eliminados. A operação segue como planejado", informou o comunicado.


Tanque turco durante incursão militar na Síria em fevereiro de 2015
Tanque turco na Síria © AP Photo/ Mursel Coban, Depo Photos

No dia 20 de janeiro, o Estado-Maior da Turquia anunciou o início da operação "Ramo de Oliveira" contra os combatentes curdos na cidade síria de Afrin, considerados como terroristas por Ancara. No domingo, o governo turco iniciou a fase de ocupação de territórios sírios, com apoio dos militantes do grupo Exército Livre da Síria, uma das principais facções da oposição ao governo de Bashar Assad.

Damasco condenou resolutamente a agressão turca contra Afrin, que é parte integrante do território sírio.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas