Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Novo corte na verba do PROSUB preocupa Comando da Marinha do Brasil

O Comandante da Marinha, almirante de esquadra Eduardo Leal Ferreira, está seriamente preocupado com as consequências negativas de um novo e importante corte nos recursos do Programa de Desenvolvimento de Submarinos (PROSUB), previstos para o orçamento de 2019.
Por Roberto Lopes e Alexandre Galante | Poder Naval

O Programa, cujos termos foram ajustados em 2009, estabelece a produção, no complexo industrial naval de Itaguaí (RJ), de quatro submarinos de ataque convencionais (propulsão diesel-elétrica) da classe Scorpène, e a assistência técnica francesa para a construção do primeiro submarino nuclear brasileiro.

O primeiro submarino convencional, batizado Riachuelo, deve ser lançado ao mar na manhã da quarta-feira 12 de dezembro.

Em novembro de 2016, reunido com lideranças da Base Industrial de Defesa, em São Paulo, o então ministro da Defesa, Raul Jungmann, estimou o valor total do investimento brasileiro no PROSUB em 30 bilhões de Reais.

O Poder Naval não teve acesso aos valores da reduçã…

Avanço histórico: pilotos russos efetuam 1º reabastecimento de caças Su-30SM (VÍDEO)

Os pilotos da Aeronáutica da Rússia conseguiram com êxito pela primeira vez reabastecer caças Su-30SM em pleno voo, o que aumenta drasticamente a amplitude de ações destas aeronaves de dois lugares.


Sputnik

"Pela primeira vez na história da Rússia moderna, os pilotos da Aviação Naval realizaram o reabastecimento em voo de aviões Su-30SM", anunciou o comunicado oficial do Ministério da Defesa russo citado pelo jornal Krasnaya Zvezda.


Caças multifuncionais russos Su-30SM
Sukhoi Su-30SM © Sputnik/ Maksim Blinov

O documento indica que o reabastecimento foi realizado durante treinamentos efetuados na cidade russa de Eisk, na região de Krasnodar, no sul do país.

Das manobras participaram os pilotos de caças Su-30SM e de bombardeiros táticos Su-24M da Marinha russa e das Frotas do Báltico e do mar Negro. Eles conseguiram aproximar-se do avião cisterna Il-78 mais de 100 vezes e realizar o reabastecimento bem-sucedido.

A manobra realizada permite expandir a amplitude de ações efetuadas a velocidades de cruzeiro de caças Su-30SM, alcançando assim autonomia de voo de 5,2 mil quilômetros, ou seja, dez horas de voo em grandes altitudes.

Os caças-bombardeiros de dois lugares Su-30SM se caracterizam por ter "supermanobrabilidade" graças a seus motores de propulsão vetorial. Além disso, estão equipados com radares AESA e podem usar uma vasta gama de mísseis ar-ar e ar-terra.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas