Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

VÍDEO mostra fragata norueguesa afundando, tendo colidido após manobras da OTAN

A mídia divulgou novos vídeo e fotos da fragata norueguesa KMN Helge Ingstad, que colidiu com o navio petroleiro Sola TS junto à costa norueguesa em circunstâncias desconhecidas ao regressar das manobras da OTAN.
Sputnik

A fragata ficou com um grande rombo a estibordo atravessando a linha de água, sete marinheiros ficaram feridos. A tripulação abandonou o navio acidentado, que depois foi rebocado para águas menos profundas para evitar seu afundamento total.


Uns dias após o acidente (8), a fragata continua parcialmente acima da superfície da água, mas está completamente assente no fundo. Mais de 10 toneladas de combustível para helicópteros vazou para o mar.

Até o momento, não há nenhumas informações sobre o estado do armamento a bordo, incluindo mísseis de cruzeiro e antiaéreos, torpedos e artilharia.

O petroleiro Sola TS, por sua parte, não sofreu nenhum dano durante a colisão.

As razões do incidente estão sendo investigadas. Entre as possíveis causas estão a navegação da fragata em reg…

Avanço histórico: pilotos russos efetuam 1º reabastecimento de caças Su-30SM (VÍDEO)

Os pilotos da Aeronáutica da Rússia conseguiram com êxito pela primeira vez reabastecer caças Su-30SM em pleno voo, o que aumenta drasticamente a amplitude de ações destas aeronaves de dois lugares.


Sputnik

"Pela primeira vez na história da Rússia moderna, os pilotos da Aviação Naval realizaram o reabastecimento em voo de aviões Su-30SM", anunciou o comunicado oficial do Ministério da Defesa russo citado pelo jornal Krasnaya Zvezda.


Caças multifuncionais russos Su-30SM
Sukhoi Su-30SM © Sputnik/ Maksim Blinov

O documento indica que o reabastecimento foi realizado durante treinamentos efetuados na cidade russa de Eisk, na região de Krasnodar, no sul do país.

Das manobras participaram os pilotos de caças Su-30SM e de bombardeiros táticos Su-24M da Marinha russa e das Frotas do Báltico e do mar Negro. Eles conseguiram aproximar-se do avião cisterna Il-78 mais de 100 vezes e realizar o reabastecimento bem-sucedido.

A manobra realizada permite expandir a amplitude de ações efetuadas a velocidades de cruzeiro de caças Su-30SM, alcançando assim autonomia de voo de 5,2 mil quilômetros, ou seja, dez horas de voo em grandes altitudes.

Os caças-bombardeiros de dois lugares Su-30SM se caracterizam por ter "supermanobrabilidade" graças a seus motores de propulsão vetorial. Além disso, estão equipados com radares AESA e podem usar uma vasta gama de mísseis ar-ar e ar-terra.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas