Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Primeiro voo do Aero L-159T2

A Aero Vodochody realizou o primeiro voo do treinador a jato L-159T2 de dois lugares em 1º de agosto. O voo de 30 minutos foi conduzido pelos pilotos de testes da empresa Vladimír Kvarda e David Jahoda.
Poder Aéreo

A Força Aérea Tcheca encomendou três exemplares em 2016, que devem ser entregues até o final deste ano. As aeronaves L-159 são operadas pelas forças aéreas tcheca e iraquiana, pela empresa americana Draken International e, no passado, foram alugadas pela Força Aérea Húngara para treinamento de pilotos.

Estas novas aeronaves de assento duplo T2 têm uma fuselagem central e dianteira recém-construída e apresentam várias melhorias significativas, principalmente em equipamentos de cockpit e sistema de combustível, e são totalmente compatíveis com o NVG. Cada cockpit é equipado com duas telas multifuncionais e um assento de ejeção VS-20 atualizado. A aeronave também pode oferecer uma capacidade de reabastecimento sob pressão. O radar GRIFO, já em uso na versão de um único assento, a…

Aviões israelenses atacam pelo menos 3 alvos na Síria, segundo ONG

O ataque da aviação israelense contra território sírio teve como alvo o aeroporto de Al Taifur, na província de Homs, ao sudoeste de Damasco e perto da fronteira sírio-libanesa, segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos.


EFE

A ONG detalhou que no aeroporto de Al Taifur se concentram forças do regime sírio, iranianas e do grupo libanês Hezbollah.


Resultado de imagem para f-16 israelense
Dois F-16 israelenses | Reprodução

Por sua parte, a agência oficial síria "Sana" afirmou que os sistemas de defesa antiaérea repeliram dois ataques contra posições militares e que atingiram "mais de um avião".

O Observatório indicou que o ataque em Homs também teve como alvo a área situada entre as instalações de Al Taifur e a região da Al Biarat.

A ONG indicou que este ataque causou feridos, mas não forneceu números, acrescentando que há informações sobre a morte de alguns soldados em consequência dos ferimentos.

Os arredores de Damasco foram atacados em uma segunda ofensiva aérea, de acordo com o Observatório, que apontou que as aeronaves também bombardearam nesta incursão a região de Al Dimas, perto da fronteira do Líbano, na estrada que une Damasco e Beirute.

Por sua parte, a agência "Sana", que cita uma fonte militar, garantiu que "o inimigo israelense lançou pela madrugada um ataque aéreo contra uma base militar na região central (Homs) onde as unidades de defesa atingiram mais de um avião".

Além disso, ressaltou que outra incursão israelense realizada posteriormente foi repelida nos arredores de Damasco.

Segundo a agência, a incursão aconteceu 12 horas depois do anúncio do exército sírio sobre a expulsão do grupo terrorista Estado Islâmico (EI) das províncias de Aleppo e Hama.

O exército israelense informou que vários dos seus caças atacaram alvos iranianos no país vizinho em resposta à incursão de um drone iraniano no espaço aéreo de Israel.

Em tal ataque, um avião israelense foi derrubado pela defesa antiaérea síria, ao que Israel respondeu com um ataque em grande escala contra alvos iranianos na Síria e o sistema de defesa antiaéreo sírio.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas