Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Radicais sírios estariam recebendo armamento dos EUA através da fronteira com Jordânia

Enquanto o exército sírio parece estar pronto para uma grande ofensiva na província de Daraa, os grupos radicais que operam na região estariam recebendo grandes remessas de material bélico "Made in USA".
Sputnik

Os grupos militantes que atuam no sul da Síria receberam uma grande quantidade de armas e munições fabricadas nos EUA, incluindo mísseis antitanque TOW, informou a agência de notícias FARS.

De acordo com a FARS, o armamento foi entregue através da fronteira com a Jordânia no âmbito de um novo plano dos EUA para assegurar mais apoio a estes grupos na Síria.

A agência informou também que os grupos militantes na província de Daraa começaram a se preparar para impedir a ofensiva do exército sírio.

No início deste mês, o exército sírio intensificou as ações no sudoeste do país, controlado por radicais, perto da fronteira com a Jordânia e as Colinas de Golã, ocupadas por Israel.

O Ministério da Defesa da Rússia acrescentou que as forças do governo sírio, apoiadas por um grande a…

Calma durante pausa humanitária em Ghouta é quebrada por disparo de foguetes

O disparo de vários foguetes, sem que se tenham sido registradas vítimas, quebrou nesta terça-feira a calma nas primeiras horas da pausa humanitária que entrou em vigor na região de Ghouta Oriental, o principal reduto opositor dos arredores de Damasco, segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos.


EFE

Beirute - Três projéteis caíram no povoado de Harasta, enquanto um caiu em Duma, a maior cidade de Ghouta Oriental, e outro numa região que separa ambas as localidades.


Imagem de vítimas dos bombardeios e últimos ataques com gás, em Ghouta. EFE/EPA/Mohammed Badra
Imagem de vítimas dos bombardeios e últimos ataques com gás, em Ghouta. EFE/EPA/Mohammed Badra

Além disso, vários foguetes caíram na área de Mesraba, acrescentou o Observatório.

O presidente russo, Vladimir Putin, ordenou ontem uma trégua humanitária a partir de hoje na região.

A trégua, que o ministro de Defesa russo, Sergei Shoigu, vinculou diretamente com a resolução 2401 aprovada no fim de semana pelo Conselho de Segurança da ONU, entrará em vigor diariamente das 9h às 14h (horário local).

As autoridades sírias anunciaram hoje que abriram um corredor humanitário para facilitar a saída dos civis que desejem deixar Ghouta Oriental.

No entanto, segundo a televisão oficial síria, "grupos terroristas jogaram foguetes para evitar a saída dos civis da região".

Postar um comentário

Postagens mais visitadas