Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Israel realiza novos bombardeios na Faixa de Gaza após queda de foguete

Aviação israelense atacou instalações subterrâneas em Gaza. Foguete disparado de Gaza caiu em cidade israelense sem causar vítimas.
France Presse

Aviões de guerra israelenses realizaram novos ataques na madrugada desta segunda-feira (19) na Faixa de Gaza, onde a tensão foi reduzida, mas sem dissipar todo o fantasma de um novo confronto.

A aviação israelense atacou instalações subterrâneas no sul do território do movimento palestino Hamas, afirmou em um comunicado.

Israel respondeu assim ao disparo de um foguete lançado no domingo à noite a partir da Faixa de Gaza - o segundo em 24 horas - e que caiu sem causar vítimas nas proximidades de Sderot, cidade israelense perto do enclave palestino.

O exército de Israel manteve sua política de resposta sistemática a qualquer intervenção hostil a partir dos territórios palestinos, onde travou três guerras contra o Hamas e grupos armados palestinos aliados desde 2008.

Israel usará "todos os meios à sua disposição" para garantir a segurança d…

Defesa aérea síria intercepta avião de reconhecimento israelense

Os sistemas de defesa antiaérea sírios forçaram um avião de reconhecimento israelense a abandonar o espaço aéreo do país, informou a agência síria SANA.


Sputnik

"Os sistemas de defesa antiaérea sírios enfrentaram nesta quarta-feira (14) um avião de reconhecimento israelense sobre a cidade de Quneitra, obrigando-o a deixar o espaço aéreo da Síria", comunicou a agência.


Um drone do exército israelense
Drone do exército de Israel © AP Photo/ Ariel Schalit, File

A cidade de Quneitra fica a apenas 40 quilômetros de Damasco. A parte israelense não comenta sobre o incidente em questão.

Previamente, o governo sírio advertiu que Israel enfrentará "novas surpresas" caso tente atacar novamente o território da Síria após os mísseis sírios terem derrubado um caça israelense.

"Tenham total confiança que o agressor se surpreenderá muito, já que pensava que esta guerra — de desgaste a qual a Síria esteve exposta há anos — tornou-a incapaz de enfrentar qualquer ataque", declarou o vice-chanceler sírio Ayman Sussan, citado pela Reuters.

"Eles verão mais surpresas sempre que tentarem atacar a Síria", acrescentou.

Anteriormente, o exército de Israel anunciou ter interceptado um drone iraniano sobre seu território e como resposta atacou instalações militares iranianas na Síria. O país árabe, por sua vez, respondeu com fogo de baterias antiaéreas, acabando por derrubar um avião israelense. A tripulação conseguiu escapar com vida, saltando da aeronave.

A Síria e o movimento libanês xiita, Hezbollah, celebraram a derrubada do F-16 como um golpe à superioridade militar israelense, indica a Reuters. No entanto, segundo a Rádio do Exército de Israel, o erro do piloto foi a causa principal para que o F-16 não conseguisse evitar o míssil que o atingiu.


Postar um comentário