Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

VÍDEO mostra fragata norueguesa afundando, tendo colidido após manobras da OTAN

A mídia divulgou novos vídeo e fotos da fragata norueguesa KMN Helge Ingstad, que colidiu com o navio petroleiro Sola TS junto à costa norueguesa em circunstâncias desconhecidas ao regressar das manobras da OTAN.
Sputnik

A fragata ficou com um grande rombo a estibordo atravessando a linha de água, sete marinheiros ficaram feridos. A tripulação abandonou o navio acidentado, que depois foi rebocado para águas menos profundas para evitar seu afundamento total.


Uns dias após o acidente (8), a fragata continua parcialmente acima da superfície da água, mas está completamente assente no fundo. Mais de 10 toneladas de combustível para helicópteros vazou para o mar.

Até o momento, não há nenhumas informações sobre o estado do armamento a bordo, incluindo mísseis de cruzeiro e antiaéreos, torpedos e artilharia.

O petroleiro Sola TS, por sua parte, não sofreu nenhum dano durante a colisão.

As razões do incidente estão sendo investigadas. Entre as possíveis causas estão a navegação da fragata em reg…

Defesa antiaérea: Turquia ergue 'Cúpula de Ouro' na fronteira da Síria

O sistema protegerá duas regiões de fronteira, enquanto a operação contra os curdos sírios continuar.


Sputnik

A Turquia está desenvolvendo um sistema de defesa aérea similar ao da "Cúpula de Ferro" de Israel, informou o portal Defense News, citando fontes no governo.


Imagem relacionada
Sistema Korkut da Turquia | Reprodução

De acordo com o plano aprovado pelo Comitê Executivo da Indústria da Defesa, o novo sistema, apelidado de "Cúpula de Ouro", protegerá duas províncias turcas na fronteira com a Síria, Hatay e Kilis, de mísseis lançados por milícias curdas, contra as quais Ancara iniciou a operação "Ramo de Oliveira" no dia 20 de janeiro.

A versão turca da "Cúpula de Ferro" terá como base o sistema Korkut, que incorpora a tecnologia desenvolvida pela maior empresa de defesa turca, a Aselsan.

Korkut é um sistema antiaéreo auto-propulsado equipado com três sistemas de canhões de 35 mm e um centro de comando e controle capaz de operar de forma autônoma. O sistema possui meios para detectar, monitorar, reconhecer, identificar e destruir os alvos inimigos.

De acordo com o portal Army Technology, a produção em série dos sistemas Korkut começou em março de 2017 e a primeira entrega está programada para o próximo mês de maio.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas