Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Argentina concorda em construir bases norte-americanas em seu território

O presidente da Argentina, Mauricio Macri, aprovou a construção no país de várias bases militares dos EUA, informou no sábado (21) o portal mexicano Aristegui Noticias com referência a fontes informadas.
Sputnik

De acordo com o portal, trata-se de ao mínimo três bases militares a serem construídas nas províncias de Neuquén (onde fica a jazida de gás de xisto Vaca Muerta), Misiones e Tierra del Fuego, de onde se pode controlar a Antártida.

A sua criação deve ser financiada pelo Comando Sul dos EUA. Um dos principais adeptos da criação de bases seria a ministra da Segurança da Argentina, Patricia Bullrich.

Além disso, nota o portal mexicano, a ministra elogiou a chegada ao país de instrutores americanos que efetuam a preparação dos policiais argentinos antes da cúpula do G20 em novembro. Isso viola as atuais leis argentinas, porque é necessário obter a autorização do Congresso para tais ações, algo que não foi feito.

Defesa antiaérea: Turquia ergue 'Cúpula de Ouro' na fronteira da Síria

O sistema protegerá duas regiões de fronteira, enquanto a operação contra os curdos sírios continuar.


Sputnik

A Turquia está desenvolvendo um sistema de defesa aérea similar ao da "Cúpula de Ferro" de Israel, informou o portal Defense News, citando fontes no governo.


Imagem relacionada
Sistema Korkut da Turquia | Reprodução

De acordo com o plano aprovado pelo Comitê Executivo da Indústria da Defesa, o novo sistema, apelidado de "Cúpula de Ouro", protegerá duas províncias turcas na fronteira com a Síria, Hatay e Kilis, de mísseis lançados por milícias curdas, contra as quais Ancara iniciou a operação "Ramo de Oliveira" no dia 20 de janeiro.

A versão turca da "Cúpula de Ferro" terá como base o sistema Korkut, que incorpora a tecnologia desenvolvida pela maior empresa de defesa turca, a Aselsan.

Korkut é um sistema antiaéreo auto-propulsado equipado com três sistemas de canhões de 35 mm e um centro de comando e controle capaz de operar de forma autônoma. O sistema possui meios para detectar, monitorar, reconhecer, identificar e destruir os alvos inimigos.

De acordo com o portal Army Technology, a produção em série dos sistemas Korkut começou em março de 2017 e a primeira entrega está programada para o próximo mês de maio.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas