Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

China: 'Relatório do Pentágono distorce nossas intenções estratégicas'

A China rejeita firmemente as conclusões do relatório do Departamento de Defesa dos EUA sobre a situação militar e de segurança no país asiático, disse em comunicado o porta-voz do Ministério da Defesa chinês, Lu Kang.
Sputnik

"Em 17 de agosto, o Departamento de Defesa dos Estados Unidos divulgou o relatório sobre a situação militar e de segurança na China, interpretando mal as intenções estratégicas da China e apresentando a chamada ‘ameaça militar chinesa' […] Os militares chineses expressam sua firme oposição a esse respeito", diz a declaração.

"As alegações do relatório dos EUA são pura especulação", disse Kang, explicando que o programa de modernização do Exército chinês se destina a defender "os interesses da soberania, segurança e desenvolvimento do país" e para "providenciar a paz, estabilidade e prosperidade globais".

O porta-voz do ministério chinês também reiterou a posição firme de seu país em relação a Taiwan, que ele definiu como u…

Denunciam atos de ultradireitistas para confrontar as duas Coreias

Um porta-voz do Conselho Consultivo para a Reconciliação Nacional da RPDC condenou hoje as forças conservadoras de extrema-direita da Coreia do Sul que tentam intensificar o confronto entre os dois países.


Prensa Latina


Pyongyang - A propósito da prevista participação de uma ampla delegação da Coreia Democrática nos Jogos Olímpicos de Inverno Pyeongchang 2018, o Partido Patriótico Coreano e outras forças conservadoras da Coreia do Sul realizaram marchas contra a RPDC na praça da Estação de Seul.

Reprodução

Além disso, protestaram fora do Estádio Internacional de Patinação Inchon, onde queimaram retratos, símbolos da dignidade da liderança suprema e bandeiras da República Popular Democrática da Coreia (RPDC).

Foram incineradas também bandeiras da Unificação Coreana, sublinha a agência de notícias KCNA, sem precisar o nome do porta-voz.

Os citados grupos realizaram esta semana uma coletiva de imprensa 'contra os Jogos Olímpicos de Pyongyang' e manifestaram-se contrários à delegação de artistas da RPDC que chegou por via marítima à Coreia do Sul.

Alertou que as organizações conservadoras planejam continuar com os atos de enfrentamento contra a RPDC em várias partes, incluído o hotel onde se hospedará o grupo de artistas da Coreia Democrática e onde a companhia teatral se apresentará em 8 de fevereiro, no Dia do Exército da RPDC e durante os Jogos Olímpicos.

A situação demonstra claramente 'quem é o inimigo da reunificação no caminho da melhoria das relações norte-sul e da paz na península coreana, e quem é o principal culpado de instigar o confronto com os compatriotas', enfatizou a fonte ao referir-se que 'por trás de todas estas ações também está os Estados Unidos'.

Solicitou às autoridades da Coreia do Sul a tomar medidas decisivas ante estes fatos que põem em perigo uma franca aproximação entre os dois povos.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas