Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Israel realiza novos bombardeios na Faixa de Gaza após queda de foguete

Aviação israelense atacou instalações subterrâneas em Gaza. Foguete disparado de Gaza caiu em cidade israelense sem causar vítimas.
France Presse

Aviões de guerra israelenses realizaram novos ataques na madrugada desta segunda-feira (19) na Faixa de Gaza, onde a tensão foi reduzida, mas sem dissipar todo o fantasma de um novo confronto.

A aviação israelense atacou instalações subterrâneas no sul do território do movimento palestino Hamas, afirmou em um comunicado.

Israel respondeu assim ao disparo de um foguete lançado no domingo à noite a partir da Faixa de Gaza - o segundo em 24 horas - e que caiu sem causar vítimas nas proximidades de Sderot, cidade israelense perto do enclave palestino.

O exército de Israel manteve sua política de resposta sistemática a qualquer intervenção hostil a partir dos territórios palestinos, onde travou três guerras contra o Hamas e grupos armados palestinos aliados desde 2008.

Israel usará "todos os meios à sua disposição" para garantir a segurança d…

Descoberta de bomba da Segunda Guerra fecha aeroporto de Londres

Voos do London City foram cancelados. Cerca de 16 mil passageiros serão afetados.


EFE


A descoberta de uma bomba da II Guerra Mundial em uma área próxima do rio Tâmisa provocou o fechamento do aeroporto London City Airport, acarretando no cancelamento de todos os voos programados para esta segunda-feira (12).

London City Airport, aeroporto na Inglaterra (Foto: PrivateFly/Divulgação)
London City Airport, aeroporto na Inglaterra (Foto: PrivateFly/Divulgação)

O fechamento do aeroporto do leste da capital britânica afetará 16 mil passageiros depois que o explosivo foi encontrado neste domingo de manhã durante a realização de obras no local, segundo informou a Polícia Metropolitana de Londres (Met).

O aeroporto foi fechado às 22h (horário local, 20h de Brasília) de ontem e os agentes trabalham agora em colaboração com soldados da Marinha Britânica para retirar a bomba.

Em sua conta no Twitter, o aeroporto explicou que uma zona de exclusão de 214 metros foi implementada como precaução. Por isso, o aeroporto estaria fechado.

"Reconheço que isto está ocasionando inconvenientes a nossos passageiros e, em particular, a alguns dos moradores da área", afirmou hoje o executivo-chefe do aeroporto, Robert Sinclair, a meios de comunicação locais.

O aeroporto foi fechado às 22h (horário local, 20h de Brasília) de ontem e os agentes trabalham agora em colaboração com soldados da Marinha Britânica para retirar a bomba.

Em sua conta no Twitter, o aeroporto explicou que uma zona de exclusão de 214 metros foi implementada como precaução. Por isso, o aeroporto estaria fechado.

"Reconheço que isto está ocasionando inconvenientes a nossos passageiros e, em particular, a alguns dos moradores da área", afirmou hoje o executivo-chefe do aeroporto, Robert Sinclair, a meios de comunicação locais.

Postar um comentário