Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Erdogan: exército sírio parou de avançar para Afrin

O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, declarou que as tropas do governo sírio deixaram de avançar para a cidade de Afrin "após consultas", realizadas pelo líder turco nesta segunda-feira.
Sputnik

As tropas do governo sírio "foram realmente detidas ontem (segunda-feira)", afirmou Erdogan, segundo a agência de notícias Anadolu. Segundo o chefe de Estado, isso aconteceu "após consultas". No entanto, Erdogan não especificou à que consultas estaria se referindo.


Nesta segunda-feira, o líder turco discutiu a situação em Afrin durante conversa telefônica com seus homólogos russo e iraniano, Vladimir Putin e Hassan Rouhani.

Erdogan também afirmou que as milícias pró-governo que tentaram entrar em Afrin nesta terça-feira, e que foram repelidas pelas tropas turcas, o fizeram por iniciativa própria.

"A milícia síria decidiu entrar em Afrin por conta própria. Isso é inaceitável e não ficará sem resposta", alertou Erdogan.

Anteriormente, a imprensa infor…

Enviado russo: Síria não tem mais capacidade de construir armas químicas

A capacidade militar da Síria para construir armas químicas foi totalmente destruída, segundo afirmou nesta segunda-feira o representante permanente da Rússia junto às Nações Unidas, Vasily Nebenzya.


Sputnik

"A capacidade química militar da Síria foi destruída sob a supervisão da OPAQ [Organização para a Proibição de Armas Químicas]", disse Nebenzia em reunião do Conselho de Segurança da ONU.


Fábrica de armas químicas em Aleppo, na Síria (arquivo)
Fábrica de armas químicas do Estado Islâmico descoberta em Aleppo © Sputnik/ Nour Molhem

O governo sírio vem sendo frequentemente acusado por autoridades de outros países, incluindo os Estados Unidos, de fazer uso de armas químicas na luta contra militantes armados da oposição. No entanto, Damasco nega utilizar esse tipo de estratégia para combater seus inimigos. Para a Rússia, os EUA, além de fazerem acusações infundadas contra a Síria, sem qualquer tipo de evidência, ainda ignoram fatos objetivos do uso de armas químicas por terroristas durante operações contra tropas do governo sírio e civis.


Postar um comentário