Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Empresa chinesa faz peças para F-35? Revelação surge em meio a polêmicas envolvendo Huawei

Em meio à briga contínua entre os EUA e a gigante tecnológica chinesa Huawei, classificada como ameaça à segurança por Washington, verificou-se que uma subsidiária com sede no Reino Unido de uma companhia chinesa fabrica peças para os jatos americanos F-35.
Sputnik

Trata-se da companhia chinesa Exception PCB, com sede no condado britânico de Gloucestershire, que fabrica placas de circuitos que controlam os motores, iluminação, combustível e sistemas de navegação dos caças F-35 – o sistema de armas mais caro já feito.

De acordo com a emissora britânica Sky, citando materiais divulgados pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, a empresa que fabrica componentes para os caças da Lockheed Martin foi comprada em 2013 pela companhia chinesa Shenzhen Fastprint, que inclusive já participou da fabricação de caças Eurofighter Typhoon e de helicópteros de ataque Apache.

"A Exception PCB, com sede em Gloucestershire, fabrica placas de circuito impresso que controlam muitas das principais capacid…

Enviado russo: Síria não tem mais capacidade de construir armas químicas

A capacidade militar da Síria para construir armas químicas foi totalmente destruída, segundo afirmou nesta segunda-feira o representante permanente da Rússia junto às Nações Unidas, Vasily Nebenzya.


Sputnik

"A capacidade química militar da Síria foi destruída sob a supervisão da OPAQ [Organização para a Proibição de Armas Químicas]", disse Nebenzia em reunião do Conselho de Segurança da ONU.


Fábrica de armas químicas em Aleppo, na Síria (arquivo)
Fábrica de armas químicas do Estado Islâmico descoberta em Aleppo © Sputnik/ Nour Molhem

O governo sírio vem sendo frequentemente acusado por autoridades de outros países, incluindo os Estados Unidos, de fazer uso de armas químicas na luta contra militantes armados da oposição. No entanto, Damasco nega utilizar esse tipo de estratégia para combater seus inimigos. Para a Rússia, os EUA, além de fazerem acusações infundadas contra a Síria, sem qualquer tipo de evidência, ainda ignoram fatos objetivos do uso de armas químicas por terroristas durante operações contra tropas do governo sírio e civis.


Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas