Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Israel prende o governador palestino de Jerusalém

Motivo da detenção foram crimes cometidos na Cisjordânia ocupada, segundo a Organização para a Libertação da Palestina.
France Presse

Israel prendeu o governador palestino de Jerusalém por crimes que teria cometido na Cisjordânia ocupada, que não foram especificados, informou a Organização para a Libertação da Palestina (OLP).

O governador Adnan Gheith foi detido no sábado (20) à noite no bairro palestino de Beit Hanina, em Jerusalém Oriental, ocupada e anexada por Israel. Será apresentado a um tribunal dentro de quatro dias, afirma a OLP em um comunicado.

Para o dirigente da OLP Saeb Erakat, a detenção é "um novo passo contra a presença palestina em Jerusalém" e constitui uma violação da legislação israelense a respeito das instituições palestinas da cidade.

"As ameaças contra dirigentes palestinos, sua detenção, inclusive o 'sequestro' do governador Gheith, são parte de um plano que pretende sufocar todas as bases de uma solução política com dois Estados e com as f…

EUA advertem que estão perto de se tornar possível alvo da Coreia do Norte

Embaixador de desarmamento norte-americano, Robert Wood, fez a declaração durante a Conferência sobre Desarmamento em Genebra, na Suíça.


Reuters


A Coreia do Norte pode estar a apenas alguns meses de distância de ser capaz de atingir os Estados Unidos com um míssil balístico com ogiva nuclear, e seu programa de armas atômicas precisa ser encerrado, disse uma autoridade graduada de desarmamento dos EUA nesta terça-feira.

Resultado de imagem para Embaixador de desarmamento norte-americano, Robert Wood,
Embaixador dos Estados Unidos Robert Wood durante Conferência sobre Desarmamento, na ONU, em Genebra 30/08/2017 | REUTERS/Denis Balibouse

A Coreia do Norte "pode agora estar a apenas meses de distância da capacidade de atingir os Estados Unidos com mísseis balísticos armados nuclearmente", afirmou o embaixador de desarmamento norte-americano, Robert Wood, durante a Conferência sobre Desarmamento em Genebra, na Suíça.

Robert Wood, ainda durante o encontro organizado pela ONU, advertiu que os arsenais da China e da Rússia estão crescendo.

"Rússia, China e Coreia do Norte estão aumentando seus estoques, elevando a importância de armas nucleares em suas estratégias de segurança e -- em alguns casos -- buscando o desenvolvimento de novas capacidades nucleares para ameaçar outras nações pacíficas", disse. 


Postar um comentário

Postagens mais visitadas