Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Lançamento do Submarino Riachuelo – S40 (VIDEO)

Hoje, 14 de dezembro, às 10h da manhã em Itaguaí-RJ, teve início a Cerimônia de Lançamento do Submarino Riachuelo, o primeiro de uma série de quatro submarinos convencionais e um nuclear que estão sendo construídos pela Marinha do Brasil. A cerimônia conta com a presença do Presidente da República.
Poder Naval

O nome do primeiro submarino, “Riachuelo”, é alusivo à Batalha Naval do Riachuelo, considerada decisiva na Guerra do Paraguai, com atuação destacada da Marinha do Brasil.


Acompanhe a Cerimônia em tempo real no vídeo no final deste post.
Prosub

O Brasil tem o mar como uma forte referência em todo o seu desenvolvimento. É nessa área marítima que os brasileiros desenvolvem as atividades pesqueiras, o comércio exterior e a exploração de recursos biológicos e minerais. A imensa riqueza das águas, do leito e do subsolo marinho nesse território justifica seu nome: Amazônia Azul.

A Amazônia Azul cobre uma área de 3,5 milhões de quilômetros quadrados. Mas o país pleiteia na Organização das Naç…

EUA advertem que estão perto de se tornar possível alvo da Coreia do Norte

Embaixador de desarmamento norte-americano, Robert Wood, fez a declaração durante a Conferência sobre Desarmamento em Genebra, na Suíça.


Reuters


A Coreia do Norte pode estar a apenas alguns meses de distância de ser capaz de atingir os Estados Unidos com um míssil balístico com ogiva nuclear, e seu programa de armas atômicas precisa ser encerrado, disse uma autoridade graduada de desarmamento dos EUA nesta terça-feira.

Resultado de imagem para Embaixador de desarmamento norte-americano, Robert Wood,
Embaixador dos Estados Unidos Robert Wood durante Conferência sobre Desarmamento, na ONU, em Genebra 30/08/2017 | REUTERS/Denis Balibouse

A Coreia do Norte "pode agora estar a apenas meses de distância da capacidade de atingir os Estados Unidos com mísseis balísticos armados nuclearmente", afirmou o embaixador de desarmamento norte-americano, Robert Wood, durante a Conferência sobre Desarmamento em Genebra, na Suíça.

Robert Wood, ainda durante o encontro organizado pela ONU, advertiu que os arsenais da China e da Rússia estão crescendo.

"Rússia, China e Coreia do Norte estão aumentando seus estoques, elevando a importância de armas nucleares em suas estratégias de segurança e -- em alguns casos -- buscando o desenvolvimento de novas capacidades nucleares para ameaçar outras nações pacíficas", disse. 


Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas