Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Defesa russa: avião Il-20 foi derrubado por mísseis sírios S-200

De acordo com o ministério russo, o sistema de defesa aérea sírio tentava atacar um avião de Israel. No entanto, a tripulação israelense fez uma manobra especial para se proteger, e o míssil acabou atingindo acidentalmente o avião russo Il-20.
Sputnik

O avião Il-20 desapareceu dos radares em 17 de setembro, por volta das 23h do horário de Moscou, (17h em Brasília) durante o retorno planejado à base aérea de Hmeymim, acima do território do mar Mediterrâneo, a 35 quilômetros da costa da Síria, informou o comunicado do Ministério da Defesa da Rússia. O represente oficial da Defesa russa, Igor Konashenkov sublinhou que os aviões israelenses "propositalmente criaram uma situação perigosa para navios e aviões nessa região".

Na opinião dele, para evitar o ataque sírio, a tripulação israelense acabou tornando o Ilyushin-20 alvo de ataque.

"Ao tentarem proteger-se com ajuda do avião russo, os pilotos israelenses o puseram debaixo de fogo do sistema de defesa antiaérea da Síria"…

EUA prometem compartilhar informações de inteligência com Rússia e Irã

O Comando Central dos Estados Unidos está disposto a compartilhar dados de inteligência com Rússia e Irã, desde que estes aceitem cooperar com Washington na luta contra o Talibã no Afeganistão, afirmou nesta quarta-feira o major-general James Hecker, da Força Aérea norte-americana.


Sputnik

"Nós olhamos para o Paquistão, olhamos para o Irã e Rússia, para onde podemos encontrar uma esfera comum. Eles percebem que muitos narcóticos estão indo para seus países. O Irã depende da água que vem do Afeganistão. Então, esse é um campo comum para o qual podemos olhar. Então, se eles estiverem dispostos a nos ajudar, nós vamos, definitivamente, trabalhar com eles e compartilhar inteligência, para nos livrarmos dos terroristas", disse o militar durante uma coletiva de imprensa. 


Combatentes do Talibã no Afeganistão (foto de arquivo)
Combatentes do talibã no Afeganistão © AP Photo/ Allauddin Khan

Um funcionário do Ministério das Relações Exteriores da Rússia expressou à Sputnik nesta quarta-feira a esperança de que representantes do Talibã e do governo afegão possam se encontrar em breve em Moscou para discutir possibilidades de resolução da crise de segurança que afeta o país há tantos anos. De acordo com ele, os Estados Unidos também serão bem vindos se quiserem participar dessas consultas.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas