Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

'Queremos que a Venezuela volte à democracia', diz Bolsonaro a TV dos EUA

Em entrevista à Fox News, o presidente também defendeu o muro para separar EUA do México. Nesta terça, ele vai se encontrar com Donald Trump.
Por G1

O presidente Jair Bolsonaro disse em entrevista à TV norte-americana na madrugada desta terça-feira (19) que a Venezuela estará no centro das discussões durante o encontro com o presidente dos EUA, Donald Trump, na Casa Branca, nesta tarde.

Ao canal Fox News, Bolsonaro reafirmou que o presidente norte-americano mantém "todas as opções na mesa"em relação à Venezuela. "Nós não podemos falar em todas as possibilidades, mas o que for possível de forma diplomática", disse Bolsonaro, segundo tradutor da emissora.

A entrevista foi ao ar com tradução simultânea, e em alguns trechos não foi possível ouvir o que o presidente respondeu. Bolsonaro disse que o Brasil é o país mais interessado em pôr fim ao governo de Nicolás Maduro.

O presidente afirmou que o governo brasileiro está alinhado ao de Trump. "Hoje temos nova ideologia,…

Exército dos EUA estaria se preparando para guerra terrestre de grande escala

As Forças Armadas dos EUA publicaram anúncio para a compra de aproximadamente 150 mil munições para obuseiros de 155 mm, comunicou o portal Task and Purpose.


Sputnik

O volume da encomenda aumentou 825% em comparação com anúncios anteriores. A lista inclui projéteis reativos Excalibur destinados ao combate de proximidade. Tal número de projetis é necessário para os soldados treinarem o cumprimento de operações convencionais terrestres.


Obuseiro autopropulsado M109A6 Paladin (imagem referencial)
Obuseiro autopropulsado M109A6 Paladin dos EUA © Foto: Staff Sgt. Nathan Gallahan

"Estamos nos preparando para combate em conflitos que exigem uma determinação especial", assinalou o major-general Paul Chamberlain, diretor do orçamento do exército norte-americano, citado pelo portal.

Os militares frisaram que as Forças Armadas não têm falta de projéteis, mas estão recuperando e renovando o arsenal de munições.

Anteriormente, a Casa Branca solicitou US$ 6,3 bilhões (R$ 20 bilhões) ao Congresso para financiar a Iniciativa Europeia de Contenção, um programa destinado à contenção da "agressão russa" na região. É planejado gastar esses recursos para aumento da presença militar norte-americana na Europa.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas