Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Su-57 russo supera caças de 5ª geração F-22 e F-35 dos EUA, diz piloto militar

O uso de caças F-22 pela Força Aérea dos EUA na Síria privou este modelo de suas vantagens sobre aeronaves russas, segundo a mídia norte-americana. Em entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik, um piloto militar russo comentou a situação.
Sputnik

A utilização de caças norte-americanos F-22 na Síria privou os EUA das vantagens destes caças em relação aos caças russos, escreveu o jornal Military Watch. Segundo Veralinn Jamieson, tenente-general da Força Aérea dos EUA, os céus do Iraque e da Síria se tornaram "armazém de informações" para russos sobre atuação de caças estadunidenses durante operações.

Segundo o autor do artigo, os russos tiveram bastante tempo para analisar e testar a tecnologia de furtividade dos F-22, além de terem coletado dados sobre o uso da aeronave e encontrado meios de combatê-la. Além disso, a Rússia poderá usar essas tecnologias na fabricação de suas aeronaves.

O artigo enfatiza que os radares dos sistemas de mísseis antiaéreos S-300 e S-400 da Rússia …

Exército mata 12 supostos terroristas e detém 92 no Sinai, diz Egito

Desde sexta-feira (9), morreram 28 supostos terroristas e 126 foram detidos, segundo o Exército. Operação segue em andamento, diz governo.


EFE


As Forças Armadas do Egito anunciaram nesta segunda-feira (12) a morte de 12 supostos terroristas e a detenção de outros 92 suspeitos no Sinai, no nordeste do país, dentro da operação de segurança iniciada na sexta-feira (9) passada.

Resultado de imagem para Forças Armadas do Egito
Tropas do Egito | Reprodução

Desde então, morreram 28 supostos terroristas e 126 foram detidos, segundo os comunicados difundidos pelo porta-voz do Exército, Tamer al Refai, nos quais não se tem informado de vítimas civis nem nas fileiras militares.

O Serviço de Informação do Estado lembrou à imprensa estrangeira que são obrigados a usar como única fonte os comunicados oficiais do Exército e do Ministério de Interior.

A operação, que continua em andamento, foi lançada na sexta passada, faltando 15 dias para o começo da campanha eleitoral para as eleições presidenciais, que acontecem entre 26 e 28 de março e nas quais o ex-marechal Abdul Fatah al Sisi busca a reeleição.

Postar um comentário