Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Israel realiza novos bombardeios na Faixa de Gaza após queda de foguete

Aviação israelense atacou instalações subterrâneas em Gaza. Foguete disparado de Gaza caiu em cidade israelense sem causar vítimas.
France Presse

Aviões de guerra israelenses realizaram novos ataques na madrugada desta segunda-feira (19) na Faixa de Gaza, onde a tensão foi reduzida, mas sem dissipar todo o fantasma de um novo confronto.

A aviação israelense atacou instalações subterrâneas no sul do território do movimento palestino Hamas, afirmou em um comunicado.

Israel respondeu assim ao disparo de um foguete lançado no domingo à noite a partir da Faixa de Gaza - o segundo em 24 horas - e que caiu sem causar vítimas nas proximidades de Sderot, cidade israelense perto do enclave palestino.

O exército de Israel manteve sua política de resposta sistemática a qualquer intervenção hostil a partir dos territórios palestinos, onde travou três guerras contra o Hamas e grupos armados palestinos aliados desde 2008.

Israel usará "todos os meios à sua disposição" para garantir a segurança d…

Exército mata 12 supostos terroristas e detém 92 no Sinai, diz Egito

Desde sexta-feira (9), morreram 28 supostos terroristas e 126 foram detidos, segundo o Exército. Operação segue em andamento, diz governo.


EFE


As Forças Armadas do Egito anunciaram nesta segunda-feira (12) a morte de 12 supostos terroristas e a detenção de outros 92 suspeitos no Sinai, no nordeste do país, dentro da operação de segurança iniciada na sexta-feira (9) passada.

Resultado de imagem para Forças Armadas do Egito
Tropas do Egito | Reprodução

Desde então, morreram 28 supostos terroristas e 126 foram detidos, segundo os comunicados difundidos pelo porta-voz do Exército, Tamer al Refai, nos quais não se tem informado de vítimas civis nem nas fileiras militares.

O Serviço de Informação do Estado lembrou à imprensa estrangeira que são obrigados a usar como única fonte os comunicados oficiais do Exército e do Ministério de Interior.

A operação, que continua em andamento, foi lançada na sexta passada, faltando 15 dias para o começo da campanha eleitoral para as eleições presidenciais, que acontecem entre 26 e 28 de março e nas quais o ex-marechal Abdul Fatah al Sisi busca a reeleição.

Postar um comentário