Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Análise: Brasil poderia se tornar 'vigilante' dos EUA na América Latina

O presidente norte-americano, Donald Trump, referiu a possibilidade de entrada do Brasil na OTAN. O analista russo Pavel Feldman avaliou a possibilidade de entrada do Brasil na aliança, bem como que papel poderia desempenhar o Brasil no conflito na Venezuela.
Sputnik

Durante a visita oficial do presidente do Brasil Jair Bolsonaro aos EUA, foram discutidos os assuntos internacionais mais importantes, entre eles a cooperação bilateral entre os EUA e o Brasil e a situação na Venezuela.


Uma das declarações mais sensacionais foi a possibilidade de entrada do Brasil na OTAN, referida pelo presidente dos EUA Donald Trump.

O vice-diretor do Instituto de Estudos Estratégicos e Prognósticos da Universidade Russa da Amizade dos Povos, Pavel Feldman, revelou em entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik que os EUA são apenas um dos países da OTAN, há outros países cuja opinião deveria ser levada em conta nesse assunto.

Segundo ele, se o Brasil aderir à OTAN ele vai desempenhar o papel de vigilante d…

Forças especiais turcas estão prestes a entrar em Afrin

O vice-premiê turco, Bekir Bozdag, disse na segunda-feira (26) que a Turquia vai posicionar o exército e forças especiais na cidade síria de Afrin a fim de "completar com sucesso a operação e proteger os civis".


Sputnik

"As nossas forças especiais foram enviadas para Afrin para completar com sucesso a operação e proteger os civis", afirmou o político.


Tropas turcas na colina Bursayah, que separa Afrin de Azaz
Tropas turcas na colina Bursayah, que separa Afrin de Azaz © AP Photo/ STR

Ele também declarou que os ataques aéreos das Forças Armadas turcas contra as posições dos grupos curdos em Afrin vão continuar.

No sábado (24), o Conselho de Segurança da ONU adotou uma resolução que estabelece o cessar-fogo de 30 dias na Síria. Contudo, o vice-premiê turco disse que o armistício não se aplica à operação militar em curso da Turquia contra os terroristas em Afrin.

Em 20 de janeiro, Ancara lançou uma operação militar na região síria de Afrin contra os grupos curdos considerados terroristas pela Turquia. Damasco, por sua vez, condena severamente as ações turcas, frisando a importância da integridade territorial do país e da sua soberania.


Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas