Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

VÍDEO mostra fragata norueguesa afundando, tendo colidido após manobras da OTAN

A mídia divulgou novos vídeo e fotos da fragata norueguesa KMN Helge Ingstad, que colidiu com o navio petroleiro Sola TS junto à costa norueguesa em circunstâncias desconhecidas ao regressar das manobras da OTAN.
Sputnik

A fragata ficou com um grande rombo a estibordo atravessando a linha de água, sete marinheiros ficaram feridos. A tripulação abandonou o navio acidentado, que depois foi rebocado para águas menos profundas para evitar seu afundamento total.


Uns dias após o acidente (8), a fragata continua parcialmente acima da superfície da água, mas está completamente assente no fundo. Mais de 10 toneladas de combustível para helicópteros vazou para o mar.

Até o momento, não há nenhumas informações sobre o estado do armamento a bordo, incluindo mísseis de cruzeiro e antiaéreos, torpedos e artilharia.

O petroleiro Sola TS, por sua parte, não sofreu nenhum dano durante a colisão.

As razões do incidente estão sendo investigadas. Entre as possíveis causas estão a navegação da fragata em reg…

Forças especiais turcas estão prestes a entrar em Afrin

O vice-premiê turco, Bekir Bozdag, disse na segunda-feira (26) que a Turquia vai posicionar o exército e forças especiais na cidade síria de Afrin a fim de "completar com sucesso a operação e proteger os civis".


Sputnik

"As nossas forças especiais foram enviadas para Afrin para completar com sucesso a operação e proteger os civis", afirmou o político.


Tropas turcas na colina Bursayah, que separa Afrin de Azaz
Tropas turcas na colina Bursayah, que separa Afrin de Azaz © AP Photo/ STR

Ele também declarou que os ataques aéreos das Forças Armadas turcas contra as posições dos grupos curdos em Afrin vão continuar.

No sábado (24), o Conselho de Segurança da ONU adotou uma resolução que estabelece o cessar-fogo de 30 dias na Síria. Contudo, o vice-premiê turco disse que o armistício não se aplica à operação militar em curso da Turquia contra os terroristas em Afrin.

Em 20 de janeiro, Ancara lançou uma operação militar na região síria de Afrin contra os grupos curdos considerados terroristas pela Turquia. Damasco, por sua vez, condena severamente as ações turcas, frisando a importância da integridade territorial do país e da sua soberania.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas